A história de alguėm

 

Esta é a história de alguém que nunca conheci. Não, pelo menos de verdade! Como pode uma pessoa que mal conhecemos deixar tantas marcas na nossa vida?

Marcas essas que jamais serão esquecidas, ou pelo menos apagadas da memória.

O tempo, esse, dizem que cura tudo mas a realidade é que ele nada apaga e o tempo que passámos á espera que ele passe, pode ser fatal!

A esperança deve por isso, ser substituída pela realidade dos factos. Só que, como é tão doloroso viver nesta acabamos por sonhar demasiado alto quando estamos lá no fundo.

O tempo voa e nem damos por isso. Apenas nos apercebemos que este passou quando vimos as crianças pequeninas a tornarem-se homens e mulheres e, quando olhamos para trás vimos as expressões do rosto marcadas pelas experiencias vivenciadas ou pelo passar dos anos…

Isto foi o que me aconteceu! Tarde, percebi que tinha perdido parte da minha vida por ter dado demasiada importância a coisas que não tinham razão de ser.

Já se passaram muitos anos desde este marco na minha vida. Fiquei sempre na esperança de um passado sem volta e quando me dei conta, o passado tinha passado à história. Quando me ergui do fundo do poço vi que tudo à minha volta tinha mudado e estava tudo bem diferente.

Toda essa gente que eu conheci tinha seguido a sua vida. Cada um com o seu próprio caminho que, por sinal, bem diferentes dos que tinham idealizado.

Alguns deles confirmou-se o destino que lhes havida calhado mas a maioria perdeu-se. Os que se perderam entraram pelos chamados “maus caminhos”, tais como as drogas pesadas.

Tive também a oportunidade de conhecer muitas dessas pessoas. A maioria delas consumia para esquecer os seus problemas familiares.

Outros por más influências ou mesmo por estupidez mas esses eram a minoria.

 Aprendi que as drogas são apenas uma forma de tentar aliviar uma dor que nos é quase impossível de suportar e deixei de ter aqueles preconceitos comuns em relação ao assunto. Até porque sei o que é ter uma dor semelhante…

O Amor Wabi Sabi - www.wook.pt

Comentários no Facebook