Somos tão diferentes

Hoje em dia existem milhares de pessoas, todas elas de um planeta completamente diferente, com diferentes personalidades, diferentes pensamentos e com diferentes empatias. Umas mais introvertidas, outras mais extrovertidas, umas guiam-se pela lógica e outras pelos sentimentos. Existem pessoas com o seu próprio pensamento, e no meio de tanta divergência, existe algo bastante progressivo e bastante definido.

Aprendemos assim a lidar com os outros e com as suas diversidades, vivemos uma vida de limites e grandes dificuldades, mas, a minha pergunta é esta. como pode duas pessoas se amarem com tanta diferença e ao mesmo tempo com tanta avença? A verdade é esta, encontra-se tudo descrito no nosso coração, todo esse sentimento vem de alguma forma, que eu não consigo explicar, mas que todo o ser vive intensamente ate lá chegar.

Devemos sempre ter em mente que cada um é como é, que ninguém muda por ninguém e muito menos é igual a alguém. Somos todos diferentes e é por essa tal diferença que somos tão especiais na vida de alguém.

A vida não é uma competição, mas uma jornada, e cada passo dado, é só um caminho que deve ser saboreado. Mas será tão difícil ter um casamento que não seja tão complicado? Acredito que o casamento é mais um muro a ser arriscado, acredito que o trabalho é complicado, a vida é complicada e tudo que seja união é simplesmente mais uma complicação.  Somos exactamente aquilo que colhemos, somos seres bastantes diferentes que vivemos com receio, fomos todos criados por uma cultura, por vidas por atos e por missões diferentes, e é comum haver normalmente as brigas, os desentendimentos e ate decepções de uma forma bastante irreverente.

Com o tempo aprendemos a lidar com essas pessoas e tudo o que é diverso ou divergente. Aprendemos a ceder para o bem e a responder para o mal, a mudar sem intenção, a amar sem qualquer obrigação e principalmente a libertar sem qualquer diversão. Simplesmente aprendemos a mudar, mudar o nosso modo de ser e de estar, mudar porque a vida fez assim ficar, e mudar porque somos seres bastantes singulares.

Mudamos porque queremos mudar, mudamos e todos os anos devemos mudar, sem nunca magoar, é preciso saber ponderar, sobre os concelhos e comentários dos outros sem eles no poder influenciar, pois o sol e a chuva são exactamente a mesma, porém cada um se apercebe deles à sua maneira.

Sinto assim em dizer, que as pessoas são diferentes porque assim querem estar. Enquanto algumas perdem o valor de amar, outras ganham o seu valor para poderem explorar. Enquanto umas mudam para conseguirem o que querem, outras fazem o que querem, e enquanto outras mudam para fazerem a diferença outras fazem extremamente a diferença.

”Hoje eu acordei querendo coisas diferente de pessoas diferentes. Sinto-me bem, claro! Mais também sinto uma amargura que nada preenche. Talvez eu esteja leve, e com pesos fracos. Felicidades que cabem em uma caixinha de fosforo, e que eu guardo de lembrança. Hoje eu quero algo que mude meu sorriso, algo que me faça pensar diferente, mais pensando bem… mudar é a lei da vida, mudando ou não estarei bem, pois sempre tem uma felicidade de sobra em uma das caixinhas de fosforo que possuo.”

Grazyella Dias

Booking.com

Comments

  1. Paula Pedro

    Adorei o seu texto. De tal forma me revi nele que, como por magia, surtiu inspiração.
    Amar na diferença, aceitando o outro tal qual ele é, sem limites, sem imposições à mudança, é, sem dúvida, um tema muito abrangente que envolve uma multiplicidade de factores, culturais, sociais, etc.
    Muitos parabéns pelo seu blog.
    Beijinhos 🙂
    Paula Pedro

    1. Post
      Author
      Sentimento & Emoções

      Muito obrigada pelas suas palavras e reflexões, é mesmo isso que pretendo transmitir sentimentos e emoções nas pessoas. Este texto é a minha inspiração como todos os outros textos. Trago sempre a palavra de carinho para as pessoas se reverem mesmo nele e se identificarem pelas minhas palavras. Tudo que eu escrevo é tudo que eu penso. 😊😊

Deixar uma resposta