Publicado em 4 comentários

Terá o verdadeiro amor um final feliz!

Verdadeiro amor

Não sei o que é o verdadeiro amor, se não um final feliz, mas a verdade é que o que é verdadeiro nunca é feliz. Será que este amor é tão errado como toda a gente o diz? Mas é ele que nos cura as feridas do passado como sempre quis e que me faz lembrar do presente sempre que o diz.

O amor verdadeiro não é aquele que queremos sentir, mas aquele que nos faz entender, perceber o que realmente entendemos e o que faz realmente acontecer. O amor verdadeiro não é nada mais nada menos, que eu querer-te por inteiro, e ser tudo menos traiçoeiro, é viver sempre por inteiro o grande momento e a completar tudo sem qualquer medo muito menos receio. O amor verdadeiro não é nada, por acaso, nada é se não um atraso, tudo se transforma num simples abraço e desejo, como é aquele que permanece sempre, mesmo que este seja negado. Como será algo que terá de ser ultrapassado num caminho que acontece sempre algo alguma vez inesperado.

tumblr_nlydgqW9KR1qlo68ko1_500

“O que é verdadeiro é eterno” já diziam os nossos antepassados, o que é verdadeiro é para sempre, mas será que por ser tão verdadeiramente, tem final feliz? Não, para mim o amor não tem se não o perdão. Ambos temos de lutar, ambos temos de sonhar, ambos temos de ultrapassar obstáculos, e acreditar que este amor é para sempre pois eu acredito definitivamente que o amor verdadeiro cura arduamente as feridas, faz nada mais que maravilhas, mas também, faz qualquer vida muito desiludida, adormecida e sem qualquer arritmia.

A verdade é que esse amor, nem a morte faz esquecer, o que é verdadeiro ninguém tem sequer o poder de desaprender, nada o pode derrotar, mesmo que tentem fazer-nos alguma vez duvidar é mais forte que alguma vez alguém poderá imaginar. São sentimentos a percorrer que ninguém pode tirar, deixar ou largar, é verdadeiramente certo que esse amor não tem como imaginar, é simplesmente algo verdadeiro que não tem final feliz, pois o que é simplesmente verdade sempre volta, o que tem de ficar fica sempre, mas o que tem de finalizar nunca será permanente.

O verdadeiro segredo é sem duvida alguma perpetuidade, sermos o que somos e pensarmos no que queremos ter, guardarmos na nossa alma o caminho que queremos percorrer, e acreditar, acreditar que o amor não tem final feliz, custa a superar, custa a crer e a imaginar, mas a verdade é que ele existe e nada mais podemos um dia separar.

O amor verdadeiro é assim como estrelas do céu a brilhar, cheio de esperança numa noite de luar mas também é a trovoada inesperada, a dificuldade percorrida na estrada e a chuva que cai em alvorada porque

“o amor verdadeiro não se conjuga no passado, ou se ama para sempre ou nunca se amou verdadeiramente”.

M.Paglia

tumblr_luvg14jnjg1r0s2f2o1_500

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Publicado em 2 comentários

Vou-te dizer aquilo que nunca disse a ninguém"Amo-te"

Qualquer pessoa que viesse no teu lugar, não teria toda e qualquer declaração que eu quero mostrar, qualquer pessoa que tomasse o teu lugar não me faria cada vez mais lutar. Amo-te como nunca amei ninguém, amo com todas as forças do além para voltar a continuar ,e amo, mesmo sabendo que tudo um dia poderá ser apenas e só a mágoa que vou mostrar.

Não sei  realmente me declarar, nunca digo que amo se não  realmente me interessar e nunca falo de sentimentos se eles não querem lá chegar. O que vejo é que tu tens outro tipo de amar que eu não creio que isto me faça acreditar. Mas eu amo-te e nunca disse isto a ninguém, amo tudo que é verdadeiro e sincero, amo e não sei como amo, amo-te simplesmente, sem qualquer problema ou orgulho .  Amo-te assim porque não sei amar de outra maneira.

Eu só sei que amo um dia atrás do outro, e acho que este amor já não tem jeito, por mais que eu ache que por vezes mostres a tua pior frieza, e que me vejas muitas vezes como apenas mais uma faceta.  Mas eu amo, amo e não sei como negar, existe palavras que tento esconder, mas todas elas são descritas num só olhar. Amo porque sempre odiamos as mesmas coisas mas não paramos de lutar, amo mesmo que seja impossível acreditar, e  amo porque faço e acredito sempre naquilo que me faz interditar.

Uma vez ouvi que quando alguém diz ” eu te amo” , está a fazer uma promessa com o coração, e eu não digo que não, eu só quero nada mais que sentir o teu momento e a tua canção, e principalmente sentir alguém que me ame muito mais que eu amo a mim e me fortaleça a sua contenção , sem rodeios, sem medos, com e simplesmente com grande convicção.

“Eu te amo independente do amor . Eu te amo quando considerar errado amar. Eu te amo quando for proibido, quando me deixarem, quando você quiser e principalmente quando não quiser e precisar . Quem sabe você precise do meu amor tanto quanto eu preciso te amar.”

Tati Bernardi

 
 
 
Follow

Publicado em 2 comentários

Vem dançar comigo Amor

A dança do amor são dois corpos juntos que se sincronizam.  Ambos tem de saber dançar, pois não basta dançar um mas o seu conjunto. É necessário que haja a troca, que haja o olhar que haja o movimento e o brilho no olhar. Amo simplesmente dançar contigo e tudo o que me faz vibrar que o som do coração que pede enlouquecido, me tira os meus pés do chão e faz-me  voar até ao teu coração.

A dança não é só  um movimento súbito em gesto musical, é sim a concentração de um momento da humana graça natural. A dança não é só pisar o mesmo chão, é pairarmos perplexos e descobrir a nossa paixão. Esta é apenas mais uma canção, onde o cavalheiro conduz a dama para uma mera melodia numa única direção.

Adoro dançar de olhos fechados, adoro quando simplesmente mostras ser um homem apaixonado e mais adoro saber que ainda existe muita musica a dançar de um jeito alternado.

O vento passa cortante e frio e com ele vem a esperança e com ele vagando, em minha mente crio sonhos que a vida alcança. tumblr_mp70vn8Uy61rmrqceo1_500A dança do amor leva-nos assim a um caminho novo, da queda de um passo de dança que procura sempre um encontro para matar a saudade de um sentimento. De tudo fica sempre grandes coisas, a certeza que estamos num bom caminho, a certeza que estamos ainda a começar e a certeza que ainda temos muitos paços de dança para dar.

Contudo acrescentamos à dança, as luzes, a alegria contagiante no ar, a musica da moda a tocar e o momento mágico que sempre queremos aproveitar. A dança é assim, um ritmo que não tem fim, exato e claro, mágico e sensato, expressando a alma e aquilo que as palavras não conseguem expressar.

Dançar a dois é arte é magia é um sentimento a declarar, é simplesmente a conexão entre dois corpos e a improvisação daqueles que queremos amar. Para mim é mais um momento de expressar o nosso coração e é amar intensamente uma pessoa num brilhar. Ter alguém que nos guie e liberte neste guião é simplesmente  a demonstração é unicamente e subposta valorização da extração de um sentimento a assegurar.

“Quando aquilo que nos vai na alma transpira pelos poros da pele, acontece uma alquimia sublime: trata-se de poesia em movimento, é a linguagem universal da alma.
Chama-se Dança e vem do Céu!”

Lucilia Bahleixo

Follow

Publicado em 8 comentários

Não mudei apenas cresci

Já fui muito ingénua ao ponto de acreditar em tudo que me diziam, já fui tudo desde que fui criança, já fui completamente uma miúda muito mimada que só via a felicidade ao longo da sua estrada e que quase não precisava de nada para ser recordada e para ser bem reservada.

Já perdoei erros imperdoáveis, já recusei pessoas insubstituíveis, e já esqueci pessoas inesquecíveis. Acreditei que a amizade era para sempre que o amor era para toda a vida e já suportei bastante más companhias. Fiz coisas que se calhar não devia e não sabia, perdoei coisas imperdoáveis e realizei de tudo o que mais havia, desde agir por impulso, até a achar que estava a ter uma grande inimiga.

tumblr_l94i4vCft01qcx9ipo1_500_large

Todavia, já magoei, já fui magoada e continuo a ser a mesma rapariga, que no fundo não mudou apenas cresceu, cresceu para a vida e para a fantasia, sou agora como uma libelinha, que significa algo de especial na minha vida como a renovação, o poder, o vento, a mudança, com a vontade de crescer, fortalecer e que vive com o pouco tempo que tem em prevalecer, simbolizando a luz as novas energias, a harmonia e a força.

Hoje é assim que me vejo como uma libelinha, com um espirito de uma criança, mas com uma maturidade de confiança. Não sou mais uma esperança eu cresci, amadureci e vivo com o poder e a força de quem aprendeu a viver, ir á luta e não esquecer de acreditar que tudo não passa de uma simples ilusão de quem soube viver pelas suas sombras na maior desilusão.

São poucas as pessoas que sabem enfrentar a vida, chega o momento de acreditar que a vida é nossa, somos nós que fazemos o nosso próprio caminho e que entendemos que não poderá haver melhor amor que ser um amor próprio. A maturidade é mesmo assim, permite olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranquilidade e querer cada vez mais com mais simbolismo e doçura.

Assim viver é lutar com determinação, viver com a paixão, perder a classe, ousar a ousadia, vencer os próprios obstáculos e atrever a acreditar que o mundo é para quem sabe permanecer nele e vive-lo é muito mais que ser insignificante.

“Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato. E então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem nome… Auto-estima”.

Kim e Alison McMillen

Publicado em 2 comentários

Amei-te quando era adolescente amo-te no presente

Meu amor não tenho palavras para descrever o que vivemos desde quando fomos dois adolescentes. Vivemos momentos inseparáveis, momentos que nunca esquecerei e momentos que ainda acreditarei. Adolescentes fomos nós, sem qualquer senso e sem qualquer cumprimento, vivemos sempre o momento com  vontade, na gratidão e tive sempre a ti para me dares sempre a tua aptidão.

Seguimos como uns miúdos que viveram do perdão e não fazíamos a mínima ideia do que era a vida sem qualquer união. Apenas eramos dois jovens que andávamos a descobrir o amor, nem sabíamos realmente o que era a dor, a dor de amor.
Tudo o que mais queríamos era sim, viver a vida no paraíso, sem qualquer preconceito, sem qualquer defeito, e sem qualquer compromisso.

Neste momento, vivemos o presente mais  do que simplesmente, achamos que este querer e desejo é cada vez mais ardente, mas nada é igual ao que era antigamente.
Perduramos por cada instante em cada segundo, cada ano e cada minuto, a lembrar o passado que ficou para trás e a fazer cada vez mais para a nossa relação sempre conservar. Nada é mais bonito que ver os anos a passar!
Mas nem tudo são rosas, nesta vida temos as nossas lutas, as nossas discussões e as nossas angústias. Somos nada mais,
nada menos, que dois vínculos que acreditam que o amor vale a pena durar.

Amo-te no presente e quando era adolescente, amo-te quente e frio, apaixonei-me hoje e sempre por alguém que altamente divergente, mas, que sabe além de ser bastante diferente, amar, beijar e proporcionar algo bastante coerente. É difícil dizer não, para alguém que tanto conhecemos e muito mais difícil é deixar alguém magoado alguém que já tinha sido nada mais que nosso passado.

Se este amor vai durar, eu não sei, só sei que o que interessa realmente é o presente, algo que agora sinto adurente, algo que me dê mais prazer, encante e me alimente.
A verdade, é que o passado já passou, interessa agora é mesmo tudo que é vigente, o amor que é vivido, apetecido e nada mais que aprazido, claro e expressivo.
A verdade, é que eu amei-te quando era adolescente, amo -te no presente.

 

 

 

Publicado em Deixe um comentário

Palavras de Amor

 

Hoje,  falarei das palavras de amor, porque não existe palavras mais verdadeiras para levantar o nosso esplendor. São palavras que nos inspiram e que sentimos, são elas que transformam o nosso coração e que nos levam até à união. Como eu gosto das palavras de amor, escritas numa carta ou mesmo transmitidas pela boca, transpondo a liberdade a paz e o espírito de uma alma. As palavras são todo o nosso viver, todo o nosso trespor, e não existe uma melhor declaração que as palavras de amor.

Basta apenas um “amo-te”, basta mostrar realmente o que sentimos, são as palavras que nos levarão até ao abismo, são elas que realmente lembram a importância de alguém e que eleva o nosso estado de espírito. É preciso dar palavras de amor, é necessário dar um carinho, vivemos todos nós  de um só sorriso.

As palavras de amor são para ser vividas, sentidas, jamais ousadas ou esquecidas, não desfaça esse amor por alguém que mostra de si e aos outros o seu verdadeiro clamor. Viva, porque viver são dois dias, lute pelo que nos faz bem e sonhe por aquilo que lhe faz feliz. Afinal é nas cavernas mais escuras, ou dentro das rochas que aparecem os grandes diamantes.

Todas as palavras são todas expressões que sentimos, com elas criamos laços que nunca imaginamos acontecer, são a elas que devemos a nossa história, são elas que nos dão animo ou mesmo pavor, sem elas nunca teríamos provado o sabor do amor.

Às vezes um punhal, outras um valente cristal, ou um incêndio ou mesmo apenas orvalho, são o segredo da nossa alma, a voz que nos acalma e a luz do nosso olhar. São as palavras de amor que realmente nos fazem vibrar, são simplesmente o sol e o mar, são elas que nos beijam e são algo que trazem novamente o desejo de voltar a amar.

“O meu amor eu guardo para os mais especiais. Não sigo todas as regras da sociedade e às vezes ajo por impulso. Erro, admito. aprendo, ensino. Todos erram um dia: por descuido, inocência ou maldade. Conservar algo que faça eu recordar de ti seria o mesmo que admitir que eu pudesse esquecer-te “.

William Shakespeare

Publicado em Deixe um comentário

O nosso amor é transparente

O amor é transparente não se vê sente-se e eu continuo a ser a rapariga inocente. Não sei ao certo se amo ou se desejo, sei que é tudo novo para mim e é tudo que eu mais quero. Não tenho medo de dizer que sou maluca e tento no mundo transparecer, não, não sou aquela que disfarça e se esconde o que sente, só sei que o nosso amor é verdadeiro, é transparente.

Mas nada como um dia depois do outro, nada como o silêncio após o barulho, nada como a paz depois da guerra, nada melhor que descansar na sua própria companhia ou na companhia do outro, nada como disfarçar o que já foi disfarçado, e nada como transcrever o que já foi transcrito numa simples palavra de “amor”.

Porém, não morro de amores por quem seja mistério, quando alguém é feliz sem ser abençoado é raro leva-lo a sério. O nosso amor é transparente é de acreditar, é simples e sincero é a coragem de expandir os sentimentos e de tudo que seja mais um argumento.

O nosso amor é mesmo isso transparente não se vê, sente-se e nota-se, é como a água da vida com cheiro e sabor, é puro e límpido, é tudo que é verde, é simplesmente transparente. Da cor do mar do transparente da água e do vento, assim nasceu o nosso amor, sem terra e sem mar, o nosso amor é assim que eu gosto de explicar, e nada mais voltará para nos encarar.

Um dia, eu vou poder amar-te na chuva, mesmo ela sendo tão imprevisível, procurarei ser a tua companhia. Não esperes nada de mim não venho para servir, muito menos agradar, mas tento de todo ser o espelho transparente para contigo um dia ficar e um dia sonhar a acreditar, acreditar que o nosso amor será sempre aquele amor que nasceu para amar.

Publicado em 1 comentário

Talvez eu precise de acreditar!

Talvez eu precise de acreditar! Não sei sentir algo ou alguém em silêncio, muito menos sei estar calada por algo que me desagrada. Eu tenho sentimentos e tento transmiti-los na escrita ou mesmo na música. A vida trouxe-me tanta alegria, confiança, mas, também trouxe-me a tristeza. Talvez tenha perdido o ser que sou em certas situações, ou talvez, tenha encontrado realmente quem eu sou, talvez.

A vida é feita toda ela de “talvez” talvez poderei fazer mais um dia, talvez não lutei o suficiente, talvez fiz o que estava certo ou errado, talvez…Alcancei a confiança de quem gosto, resolvi problemas sem ninguém, tentei sempre manter a firmeza e a amizade de quem eu gosto e a coragem de não fechar os braços para quem sempre soube abri-los.

Hoje, guardo melhor um sorriso, acredito que a tristeza será mais pequena e Deus talvez falará mais ao meu ouvido, sempre na esperança de poder acreditar e lutar. Lutar para algemar a dor, lutar para me controlar a cor, e lutar até ganhar fervor e até poder alinhar os sentimentos com amor, acreditar, acreditar que tudo ficará bem, que existe sempre um caminho a chegar, e que um novo mundo irei alcançar, e uma nova vida irei fazer até quando o inverno das minhas emoções voltar novamente a aparecer.

Não duvido nada do valor da vida, do prazer dela e de tudo que a faz crescer, mas duvido de tudo que ela me faz comprometer, de tudo que vem, volta e volta a desaparece, o do que me faz controlar. Tenho certas duvidas sobre a miséria, da intolerância, do egoísmo das pessoas e de tudo que não me deixa acreditar.

Se dou valor a vida? Talvez, talvez um dia eu acredite e entenda porque passamos por tudo isto, e talvez muito mais, a perceba, o quanto temos de passar por esta, para poder acreditar, acreditar, no que vale a pena lutar no que nos faz perder o controle com frequência e no que poderíamos ganhar, por medo de simplesmente não arriscar.

Mas, nada como o tempo para nos mostrar verdadeiramente, isso e perceber que precisamos dele para sonhar, descobrir os nossos sonhos, abrir novas portas, a gostar de mim, a sonhar com alguém,  a fortalecer o nosso jardim, cuidando sempre das nossas flores, e talvez, a acreditar que um dia tudo que preciso e mais quero irá por fim acontecer.

“Considero o mundo por aquilo que ele é, Graciano: / Um palco em que cada um deve recitar um papel, / e o meu é um papel triste”.
William Shakespeare

Publicado em Deixe um comentário

Não quero ser mais uma mas a única

Não quero ser a rapariga que tu tens ao teu lado quando te apetece e quando precisas, mas quero que tu me vejas como a única pessoa capaz de te fazer sorrir, rir sem intenção, caminhar contigo lado a lado sem intuição, a que estará sempre ao teu lado nos momentos mais cruéis, mas também nos momentos mais fiéis.
Quero acordar contigo todos os dias ao teu lado, quero que te lembres de todas as nossas saídas e nossas vitórias e que sintas o quanto gosto de ti. Simplesmente não quero ser mais uma, que se veja ao espelho como nunca que imagine mais uma que passou na tua vida e não deixou pegadas no teu coração. Quero sim, ser a única a única mulher que tu tens para amar, aquela que jamais tu irás deixar e aquela que tu queres um dia ficar.
Eu preciso dessa esperança e que tu fiques, preciso de ti e tu de mim para amar, preciso perceber o quanto tu já me amaste, me amas, e não pretendes esquecer. Preciso que me prometas que irás sacudir cada vez que já não penso em nós, a minha alma e que me proporciones a tua calma. Quero sonhar, porque sonhar não é impossível, quero lutar porque lutar é para quando é fácil ceder, quero vencer todos os obstáculos impossíveis contigo e negar quando a regra é vence-los, quero voar no implacável, quero tocar no insaciável chão, não me interessa se é complicado vencer ou não, o mais importante é um dia elevar o teu coração e permanecer nele até concederes a tua comunhão.
Nesse dia que acontecer e todas as guerras que um dia terei de percorrer, deitarei-me no teu leito e no meu perdão, vou saber que valeu a pena lutar pela tua paixão e assim sem nada a temer, saberei o dia do fim ou da finita aflição e mais uma vez o nosso amor nascerá como nasce uma flor a brotar do impossível chão.
Hoje, percebo o quanto tenho de ser feliz, correr atrás dos nossos sonhos e torna-los reais porque eu quero ser a única, a única pessoa que mostra a outras o quanto é ser feliz. Cansei de ver e sentir que sou a tal, de amar pela metade de viver contigo pela metade e de quem nunca serei a única pela verdade.
Deixa-me aceitar o caminho do amor e viver tudo como se fossemos um casal de verdadeiros apaixonados, esquecer tudo o resto e viver intencionalmente um novo mundo, um novo futuro e deixar tudo novamente supramencionado.
“Amo-te sem saber como, nem quando, nem onde, amo-te simplesmente sem problemas nem orgulho: amo-te assim porque não sei amar de outra maneira”.
Pablo Neruda


Publicado em 1 comentário

A liberdade nos teus sentimentos

Procuro simplesmente a minha liberdade nos teus sentimentos, podem dizer que tu não és a pessoa certa para mim, que eu não sei amar ou que não serei feliz contigo porque nada mais me importa além de ti. Só eu sei quem realmente se importa, sempre se importou, quem realmente mostra o que é o amor, e quem realmente me faz feliz.
É na liberdade dos teus sentimentos que encontro a minha segurança tu és o meu porto de abrigo e é nele que penso todos os dias. Secalhar sou daquelas pessoas que se mostra mesmo apaixonada, mas foi em ti que procurei a liberdade para amar , a liberdade dos sentimentos, a liberdade de viver , a paixão que nunca achei, a liberdade que sempre esperei, aquele que me completa e aquele que faz de mim uma poeta .
Acontece que secalhar têem razão de eu amar demais, e amar demais é amar muito mais que ontem é amar todos os dias, é enfrentar o ódio a indiferença o desprezo e é sobretudo lutar pela gratidão, pela compaixão de ter alguém que realmente nos ama.
Mas, há quem diga que quem ama muito tende a ser mais ingrata,secalhar até teem razão os filhos que são mais amados dão mais trabalho quando crescem, e os namoros quando realmente se amam acabam muitas vezes na pior maneira possível. Acredito que sim, mas também acredito que quem ama volta, esquece as tristezas e vive tudo novamente.
Os sentimentos são sempre uma surpresa nunca foram uma precariedade, somos donos dos nossos atos mas não somos donos dos nossos sentimentos. Não escolhemos quem amamos, simplesmente ele acontece e depois não é fácil libertar e é a partir do momento que fazemos as nossas escolhas que somos obrigados a  viver com as consequências delas, sejam elas boas ou ruins. Se realmente se ama uma pessoa procurasse a liberdade dentro dos seus sentimentos e deve-se perceber e aceitar como realmente ela é.
”  Pela liberdade e pela honra, pode-se e devesse arriscar a vida”
Miguel de Cervantes </a
Blog 8 - Cadastro de Blogs


Publicado em 2 comentários

Sou mulher perfeita não linda

A mulher quer-se interessante, perfeita não propriamente linda. A mulher perfeita é aquela mulher com personalidade e maturidade é aquela que todos procuram, todos se inquietam e é aquela que faz um homem perceber que ela não é simplesmente uma mulher bela, mas ,uma mulher que mexe com os sentimentos de alguém.  Todas nós devemos ser assim únicas, inteligentes, não usadas e ter princípios meios e fins.
A beleza é apenas o seu reflexo no seu conteúdo e é nisso que um homem realmente olha numa mulher, a mulher que não o deixa respirar, aquela que se deixa amar e aquela que tem ainda muito para dar, considera-se a mulher perfeita. A mulher perfeita sabe o seu lugar, sabe deixar saudade, a sua presença é bem notada não pelo o seu corpo, mas pela sua naturalidade, está presente em todos os momentos como sabe bem o que quer, como quer e o que merece ter.
A beleza pode simplesmente desaparecer, esta não dura para sempre chegando até a acabar. Quando a mulher é inteligente, misteriosa e poderosa a beleza é nada mais, que apenas mais uma qualidade.
Por isso eu digo que sou mulher perfeita não bonita, sou aquela mulher simples não vistosa, segura de si e dos seus princípios, sem medo de errar e muito menos de assumir os seus erros,sou mulher que tem objetivos, mulher atraente, espontânea que acredita na vida, nos seus limites e que luta todos os dias para ser feliz.

 

Publicado em Deixe um comentário

Ao teu lado é tudo mais simples

Antes eu estava bem sozinha, não me importava com a vida, nem sequer em encontrar alguém, era tudo diferente. Hoje é tudo mais simples, tudo mudou, dividir a vida com alguém é mágico e eu necessito do teu sorriso para sorrir também.

Pensando bem, chega-se realmente à conclusão que não existe uma pessoa completamente certa para nós e existe sim  a pessoa errada e é essa pessoa errada, complicada , que no fundo faz as coisas mais simples  e é aquela pessoa que nós passamos a vida a procurar como é aquela que tira a nossa respiração e que dá o amor mais certo e verdadeiro que nós podemos imaginar, simples assim.

Reflectindo bem, devemos sempre acreditar no amor, nós não fomos feitos para a desilusão muito menos para o sofrimento e se estamos realmente a sofrer então é porque não estamos com a pessoa certa ou que chamamos de “certa” para nós.

O amor procura sempre a simplicidade e dificulta-lo é maior asneira que devemos fazer. Precisámos sim de procurar o equilíbrio, não a dificuldade pois as coisas simples da vida vê-se, sente-se e principalmente imagina-se.

O amor bom, é tudo isso e muito mais é simples é mágico e só acontece se encararmos os nossos próprios medos, vencermos os nossos próprios obstáculos e enfrentarmos a nossas próprias rotinas. O amor é assim, simples,  como eu, como tu e como todos nós  é a pura inocência que tenho,  é um sentimento cheio de esperanças,  procurado, sentido, amado e acima de tudo necessário.

Tudo isto é o que sinto por ti quando estou contigo, esse amor bonito tem de ser vivido, reconhecido, sem nenhuma dificuldade, sem nenhum impedimento e muito menos sem nenhuma objeção. O amor quer-se com paz, tranquilidade em que as discussões acabam em abraços, os momentos em pequenos beijos e o viver da vida de forma mais pura e vital.

“ Tudo o que é verdadeiramente sábio é simples e claro.”
Máximo Gorky

kk