Publicado em Deixe um comentário

Sinto falta

sinto falta

Sinto

Sinto falta de quem partiu e me deixou para trás sem pensar em mim.

Sinto falta de quem dizia que estaria sempre lá e provou o contrário.

Sinto falta daquele ombro amigo que foste um dia mas que por algum motivo decidiu largar-me.

Sinto falta daquelas conversas sem sentido, daqueles momentos passados contigo, daquelas tardes passadas junto ao mar, daqueles passeios pela natureza, daquelas noites a olhar para o céu estrelado….

De tudo isto eu sinto saudade mas não significa que queira voltar a esses momentos!

Não quero voltar a sentir o que senti quando te foste embora!

Não quero voltar a ter aquele sentimento de culpa, magoa, tristeza e dor.

Não quero voltar a discutir contigo nem a sentir-me pressionada constantemente!

Não quero voltar a ouvir coisas sem sentido!

De repente, o que achavas que em mim eram qualidades passaram, de um momento para o outro, a serem defeitos. O que é demasiado bizarro e estupido ao mesmo tempo!

Não estou interessada em aturar os teus ataques de estupidez novamente, assim como, não estavas disposto a lidar com os meus ataques de ansiedade!

Não estou interessada em aturar alguém que quer tudo à sua maneira, alguém que não respeite o outro como ele é e que, nem se coloque no lugar, apenas por uns instantes.

Não estou interessada em voltar a estar com alguém que quer a minha companhia apenas quando lhe sobra tempo. Quero alguém que arranje tempo para estar comigo, nem que seja por pequenos instantes.

Não estou interessada em voltar a estar com alguém que ainda é imaturo, pois prefiro estar só do que mal acompanhada!

De muita coisa eu sinto falta mas como em tudo na vida, um dia tudo passa, tudo fica no passado e quem muito se ausenta um dia deixa de fazer falta…

 

Publicado em 1 comentário

Quem ama vai até ao inferno

Inferno

Metem algo na vossa cabeça meus amigos quem ama vai até ao inferno.

Quem ama cuida não descuida para quem ama não existe a desculpa de nada dar certo ama e luta até ao fim.

Tenta cuidar do que é seu da melhor maneira e tenta entender o que é seu por inteira. Quem ama faz tudo para a gente ser feliz não existe nada que o faça mais infeliz que te ver a chorar.

Se alguém ou ninguém realmente te ama então aja alguma vez para ter esperança que encontras melhor quem um dia derramou uma lágrima a mesma que você já derramou.

Se Deus permitir alguém no seu caminho e esse será o teu destino nada mais atropelar a o vosso caminho porque não há desculpas para quem realmente ama, não existe nada mais alegre que verte na mesma estrada que ele um dia passou.

Quem ama vai até ao inferno se for preciso não vê muitas vezes o paraíso, porque o caminho muitas vezes é cheio de espinhos mas posso dizer mesmo que esses espinhos se transformam para eles flores.

Meu amores que um dia encontrarás alguém que te faça feliz e não desesperes porque sei que esse dia vai chegar e quando chegar vais ver que tudo que eu falar ė realmente verdadeiro.

Eu acredito quem. ama vai  ao inferno acredito que quem  passa muito mistério quem ama, permanece na história que alguma vez achou que iria suportar.

Mas já para quem não ama da sinais de precariedade da sinais da não verdade não conta mais contigo para nada simplesmente não se dá ao trabalho de lutar para contigo mais esquece tudo que já viveram e se for o caso repete sem qualquer  medo receio de se ir embora.

Não. Mais que o segredo quem ama não faz de ti um brinquedo  não troca nada neste mundo pelo amor da sua vida. Vai com calma que .tudo será intuito e para ele ou ela será o seu pensamento até ao fim.

Amar já faz acreditar. Nossa já parece um poeta a falar!  mas eu quero é que toda a gente veja e se lhe magoou então esqueça. entre essas pessoa existirá muito mais até encontrar a certa, não o amor perfeito porque ele não existe.

Tudo ė certo que cometem os seus deslizes mas se um deles ė atracção então para que ficar com a pessoa que não tem qualquer razão ?

Nada ė perfeito e se houver realmente perfeição numa união, diz-me porque essa não vai durar muito mais. Se ama vai até ao inferno como disse mas se não ama da asas para a sua imaginação. E posso já dizer que essa pessoa nunca mais vai voltar!

 

 

 

Publicado em 7 comentários

Vontade de amar quem me ama

não sei amar

Que vontade de amar!

Aconteceu outra vez!

De uma forma tão inesperada

Agora não consigo dormir

Como é possível que me deixes deste jeito?

 

Os nossos destinos cruzaram-se inesperadamente nessa noite.

Dois meses se tinham passado desde aquela fantástica tarde que mudou a minha vida para sempre! Desde então, pensava em ti todos os dias, tentando entender o que se havia passado.

Terias sentido o mesmo?

Como poderia saber se nunca mais falamos?

Recordei vezes sem conta os momentos que passamos juntos. Tentei perceber se alguma vez me tinhas dado um sinal de que poderias ter algum interesse em mim.

Por incrível que pareça, recordei vários momentos e palavras que trocamos, fiquei ainda mais confusa!

Como não reparei nisto antes?

Algo me diz que gostas de estar comigo! Mas então porque desapareceste?

O que significaria isto afinal?

Durante estes meses convenci-me de que estava errada e tentei esquecer-te.

Mas eis que o destino nos juntou novamente. Nessa noite acenei-te e sorri, tentando ignorar todo e qualquer sentimento que me inquietava, e tu retribuíste timidamente.

Ofereceste-me boleia para casa, e eu quase que recusei. Quase… Uma parte de mim queria muito estar contigo e a outra, talvez a mais sensata, dizia-me que eu não morava assim tão longe por isso podia ir a pé, não havia necessidade de estar tão perto de ti outra vez.

Como é óbvio, dei mais ouvidos ao louco do meu coração e ignorei a minha sensatez.

Tenho de admitir que valeu a pena!

Desbloqueaste aquele silêncio, perguntando-me como tinha corrido o meu dia, e num instante começamos a falar das coisas aleatórias que preenchiam os nossos dias, sem nunca mencionar o que se havia passado.

Como poderia saber se não seria uma fantasia da minha imaginação? Porque não abordavas este assunto?

Assim que chegamos a minha casa, a conversa estava tão animada que optaste por desligar o motor do carro. O meu coração sorriu!

Três horas mais tarde olhaste para o relógio e admirado comentaste: “Já são estas horas? Parece que só estamos aqui há meia hora!”. Senti-me tão bem! E por momentos temi que quisesses ir embora. Mas não foste!

É tão difícil expressar a minha vontade de estar perto de ti e de não te deixar ir embora. Uma vontade enorme de te tocar, de te abraçar, de te sentir perto de mim… mas não sei como poderás reagir.

Em que estarás a pensar?

Não me importo que nada aconteça, mas por favor não te vás embora!

Eram já cinco da manhã quando finalmente decidimos que seria melhor irmos dormir. Teríamos de trabalhar no dia seguinte.

Eu não queria nada que fosses… não queria deixar de sentir… será que se voltaria a repetir?

No momento da despedida, eu tremia de tal forma que não conseguia saber o que dizer, o que fazer

Não consegui… tal era o medo que algo pudesse estragar aquele momento mágico que optei por sair à pressa sem sequer me despedir.

Mas que asneira foi esta? O que queria eu afinal?

Não seria aquele um sinal de que pudéssemos estar em sintonia?

 

Que vazio é este que estás a preencher no meu coração?

 

vontade-de-amar

 

 

Publicado em 4 comentários

Não consigo falar de amor

 Amor

Respeita-me só assim terás mais uma vez nos teus braços.

Apete-se escrever tudo  o que sinto  meu amigo se tudo o que digo ė distinto o que estás para aqui a fazer comigo se não intimidar cada vez mais o meu destino? Não consigo falar de amor.
Respeita – me como eu respeito a ti,  não queiras impor frases que não sabes o que estás a dizer nem a condizer.
Não ponhas limites onde não existem ,  porque também não existe limites para o perdão, não venhas  gramar a minha auto motivação .

Porque eu afasto-me daqueles que não merecem o meu perdão, daqueles que estão sempre a olhar para o chão e estão sempre a reclamar de tudo sem fazer qualquer união e responsabilização. Se o teu motivo desistir ou fazer desistir, então porque não desistes tu  se a vida ou a pessoa já não te faz lutar vai para outra que realmente te saiba amar.

Mas eu digo – te mais meu menino assim terás o teu destino e quem sabe eu encontre algo melhor para mim.
Não me diga o que é certo, porque para descobrir eu preciso errar. Não me mostre o que espera de mim, Porque eu penso e seguirei meu coração. Não me faça ser quem eu não posso ser, porque eu sei e tenho minhas limitações.

Não me faça ser igual a ninguém

Porque eu sou diferente e tenho minha identidade. Não me ames pela metade, porque eu sou e tenho corpo e alma. Não me venha com mentiras, porque sei e tenho minhas verdades.
Deixa-me ser livre e sonhar! Porque eu sei voar e tenho meus pés no chão. Deixa-me ser! Porque eu sei que estou  a precisar  do melhor para mim. Me deixa encontrar caminhos! Porque estou a seguir uma estrada.

Sou, estou, serei e estarei assim: Às vezes leve como uma brisa, ás vezes forte como um tufão. Depende de quando, como e onde  me vê e verá passar, não encontro mais destino se não aqui onde que quero estar.
Não sei falar de amor mesmo pois não encontro caminho, se tu próprio não tens futuro quem sou eu mais para te amar.

Publicado em 4 comentários

Fosse tão fácil amar

Amar…

Fosse tão fácil amar como tanta gente ama

Fosse tão fácil sentir o amor
Como é tantas vezes fácil falar sobre ele

Fosse tão fácil ler o amor
Em cada olhar, cada sorriso, cada abraço
Como é facilmente descrito em cada romance

Fosse tão fácil entender o amor
Como tanta gente o entende,
O descreve,
O representa,
O vive…

Fosse tão fácil…
E aí não haveriam mais guerras no mundo.

Fosse tão fácil ceder a esse sentimento
Admitir a nossa própria fragilidade
Assistir ao nascimento desse amor
Assim que começa a falar e a dar os seus primeiros passos

Fosse tão fácil não cair em tentação
De abortar o rebento que teima em aparecer sem aviso
Sempre que o vemos brotar do fundo do nosso coração

Fosse tão fácil aceitarmos as nossas diferenças
Não sucumbir à sede de poder
À fome de ganância

Fosse tão fácil viver em comunidade
Desejar a felicidade do outro
Não se aproveitar da desgraça
E destruir tudo à sua passagem

Fosse tão fácil amar…
E qual seria a graça do mundo?

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 3 comentários

Sempre como dois adolescentes

Adolescentes

Desde que te vi pela primeira vez achei que era para sempre, adolescentes, mas agora der-repente observo que nada é para sempre. Quando eu te vi pela primeira vez, não pensei imediatamente “vou amar este rapaz para todo o sempre”, mas agora que tudo passa e existe cada vez mais gente será que gosto de ti sempre?

Foi o fato de te ouvir, o fato de seres diferente que meia doente fiz-me ao presente. Não perdi tempo contigo e foi ardente .  Os teus movimentos, os teus lábios pareciam uma dança que eu já tinha aprendido antes e me tinha esquecido consequentemente.

Ao fim de alguns dias ou umas horas, tudo em ti me era familiar e era como se já te conhecesse desde sempre. E a apatia deu lugar ao entusiasmo. Lembro -me de ter olhado para as tuas mãos e ter achado que eras um homem mais quente. Aquele que me levava para lugares que só se via com sol poente.

Queria que esses dias não acabassem nunca . Que o sol decidisse tirar férias e as palavras nunca se esgotassem com o cansaço e o sono. Que nada nem ninguém estragasse o meu tesouro. Mas nada é como digo ou ouro, nada é como aquele dia que podias mudar a minha vida e declarar que  apesar de ter tentado não pensar que te podia amar para toda uma vida merecida, e por mais que eu tenha movido montanhas, silenciado tambores e desviado marés… a verdade é que não consigo evitar apaixonar-me por ti para sempre como sempre fomos dois adolescentes.

Publicado em 6 comentários

É urgente viver!

A vida dá tantas voltas!
Nem sempre sei de onde venho
Quase nunca sei para onde vou
Mas de uma coisa tenho a certeza
Vivi sempre por inteiro!
Aproveitei cada segundo, cada hora, cada dia
Como se o mundo parasse
E aquele momento ficasse para sempre marcado em mim.
Conheci tanta gente…
Partilhei imensas aventuras
Participei em tantas conversas
E chorei por tantas mesquinhices.
Fui agarrando todas as oportunidades que foram surgindo
Nunca disse que não!
Experiências boas ou menos boas,
Tudo foi importante para construir a pessoa que sou agora.
Fiz algumas amizades pelo caminho
Essas são aquelas que ficam para a vida!
Um, dois, três… dez anos depois,
Encontro cada um desses amigos
O sentimento é sempre o mesmo,
Parece que apenas um dia passou.

No entanto tantas histórias para contar
Uma imensidão de novidades para colocar em dia
Tanto para relembrar
Sorrir, sentir, reviver
A partilha de cada gargalhada,
cada conquista, cada alegria
E também de todas as lágrimas que ficaram por contar.
A vida é mesmo assim.
Um recomeçar continuo,
Uma corrida que parece não ter meta,
Uma montanha cheia de altos e baixos,
Mas a certeza de que vale a pena chegar lá a cima
E ver tudo de uma outra perspetiva
Todos os desejos, anseios, receios
Parecem tão insignificantes!
O que realmente importa?
Hoje estamos vivos!
Amanhã quem sabe…
Aproveita sempre o HOJE
como o PRESENTE que é a VIDA!
tempo-de-viver

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 1 comentário

Se faz sentir faz todo o sentido

Sentir

já há muito tempo que não escrevo. Peço desculpa aqueles que nunca me atormentam, mas eu estou que nem me aguento. Sentimentos são o meu alento mas nem sempre o meu argumento. Por vezes sei o que escrever e escrevo, por outras vezes já não sei o que escrever nem muito mais o que virei a dizer e a sentir.

Este texto faz sentido faz, o que sinto então faz se não sinto deixo tudo  mais uma vez para trás.
Gosto de tudo que é palavras, gosto de contar a tudo e todos novas histórias e novas memórias, mas nem sempre sei andar nesta estrada, nem sempre sei nada,  é perder tempo sem nunca dizer uma só palavra.
O que estou eu a dizer, ainda não tenho a mão a doer de tanto escrever, vamos mas é para aquilo que interessa e que todos adoram ler!
Se faz sentir faz todo o sentido pois é o que pressinto por vezes quando sinto aquele desejo de voltar a escrever.
Uma vez li que uma frase que dizia “Se namora com uma mulher, mas não tem intenção de casar com ela, você ama a mulher de outro homem” e é verdade, faz sentido, tudo o que diz não é puro instinto, essa frase fez-me sentir  e fez-me acreditar que o amor verdadeiro existe no meu intuito.
Oh meu Deus se faz sentir que isto tudo é verdade porquê que eu tanto ainda insisto em ter um final feliz? Vivemos constantemente esse episódio é incrível como muitos ainda insistem nessa peça de teatro. A frase é uma parte de todos os namoros, casamentos, mas mais infinitamente para os sentimentos. E é nisto que vem o sentimento que faz todo o sentido, como o medo, o anseio, a angústia, o risco, a covardia, algo que vai acinzentar os nossos sentimentos, algo que vai existir e fazer desistir, num sentimento tão grande que é capaz de se esquecer de tudo o que fazes de raiz, capaz de apagar qualquer coisa boa, capaz de transpor alguma ideia a toa e de levar cada sentimento por uma canoa.
Mas e como se diz “se faz sentir faz todo o sentido” e nós temos de ser maiores que isso mais fortes, e por isso podemos superar esse mesmo sentimento e fazer muito mais que um compromisso e um começo como “amar”, amar está muito para além do medo do anseio, amar faz-nos esquecer tudo que é mau e causa receio, eu creio. Vida boa é uma vida mais cheia de significados, de prazeres e sensações.
É uma vida cheia de momentos que são só nossos e nos conectam com a gente mesmo.
Cheia de momentos de perder o fôlego.
É uma vida compartilhada com pessoas que realmente amamos e que nos amam de volta, na mesma proporção.
Motiva-te, cuida-te refletir coisas que fazem sentir, faz todo o sentido. Ao contrario é teimosia se perde o tempo perdido que já foi vencido.

Publicado em 1 comentário

Ama-te acima de tudo

Ama-te

As borboletas assumem o seu caminho, as borboletas geram o destino e fazem sempre o seu próprio ninho. Não precisam de ninguém para se pudererem libertar, elas são simplesmente o meu mar e o bem-estar.
Amar é o destino, é onde preciso cada vez mais permanecer e crer, amar é como um rio que todos os dias a percorrer estradas do infinito. Ama-te acima de tudo e segue o teu caminho, baixinho porque ninguém precisa de saber para onde vais, para onde queres ir e ficar.
Quando depositamos a nossa vida, a confiança ou as expectativas em alguém, o risco de deceção é grande. Por isso, se for como eu digo, anda nem que o seja sozinho, abre o caminho para todos passar, mas acredita nem todos vão querer estar por um fio, nem todos vão acreditar nem por um fio. As pessoas não estão aqui para satisfazer as nossas expetativas muito menos para lutar pelas nossas historinhas, assim como eu não estou aqui para satisfazer nenhuma delas.

borboleta luz

Temos de nos adiantar, temos de nos adiantar sempre para quando precisamos de alguém. Eu nasci para a liberdade e nada me desdém, se nasci para ser o par de alguém, se calhar não sei. As borboletas também têm seu par e nem por isso se deixam de amar.
Enfim, temos de nos consciencializar que estamos juntos porque gostamos, porque nos sentimos bem, nunca é por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam, não por serem metades, mas por serem completas, inteiras, dispostas a partilhar os  objetivos e as alegrias da nossa vida.
Com o tempo, vais aprender a amar, com o tempo vais pensar que para seres feliz não precisas de ninguém em vão e com o tempo vais perceber que as borboletas também nascerão sem qualquer razão.
“Quem nasceu para casulo nunca vai ser borboleta!” Ama-te
Antonio Neto

 

 

Publicado em 6 comentários

Melhor vida é quando assumes o comando dela

A verdade melhor vida quando a assumes esta vida só é possível quando é discreta. Sempre me disseram que para ser completa ninguém precisa de saber o que me afeta. Seja lá o que o motivo que for, seja lá o que for ninguém deve levar o louvor de saber mais de ti do que tu. Se a palavra é prata o silêncio é ouro, sempre ouvi dizer isso por entre todos e é bem verdade .

A vida és tu que fazes, os segredos és tu que refazes, a vida é só tua e tu é que assumes o teu comando. Não olhes para aqueles que só encantam porque a vida é tudo menos um manto, onde fazes tudo com grande espanto e portanto, a vida é aquela que tu mesmo constróis e só tu podes permitir quem faz parte dela, mas a vida és tu que comandas nela.

Se te afeta, então não permaneças nela, muda, muda quem és se tiver de ser, muda até doer  porque nada faz mais permanecer que ter uma vida a doer. Dizer não não está realmente no meu coração mas o perdão para mim é como uma pequena oração. A vida que eu pouco faço não é concerteza em vão, eu também quero alguém que noite e dia me dê a sua mão, que exista para ser o meu abrigo, que exista nesta vida de perigo e que me traga mais do que merecido a vida que eu sempre procurei pelo caminho.
Por vezes não existe guia, por vezes estou completamente na minha vida, mas aí vem alguém e age  como se evencida, a menina que faz tudo pela vida, que nada ou ninguém pode parar se é por ela que eu pretendo lutar. Se é alguém que comanda a  vida esta sou eu!

“Ninguém se preocupa em ter uma vida virtuosa, mas apenas com quanto tempo poderá viver. Todos podem viver bem, ninguém tem o poder de viver muito.” Melhor vida é sem duvida quando assumes o poder dela.,Vida para quem se atreve a viver

Sêneca

Publicado em 3 comentários

Como ser feliz? Será assim tão fácil?

Eram 8h da noite e Marta tinha acabado de jantar.

Enquanto arrumava a cozinha começou a refletir sobre o seu dia de trabalho e como tinha de passar todos os seus dias fechada dentro de quatro paredes, com dias fantásticos como aquele.

Abriu o frigorífico, pegou numa sidra e dirigiu-se ao elevador do seu prédio. Subiu ate ao ultimo andar, entrou na zona do terraço e sentou-se numa espreguiçadeira junto a piscina. Boa, ainda vim a tempo de ver o pôr do sol. Como é bom o Verão! – pensou Marta.

Subitamente eis que surge uma figura alta e morena por detrás do muro onde se encontrava o balneário. Os dois trocaram um intenso olhar. Marta não conhecia aquele homem e questionou-se como era possível que nunca o tivesse visto por ali. O desconhecido sorriu e aproximou-se de Marta, sentando-se na espreguiçadeira ao seu lado.

Marta não sabia se havia de dizer algo para quebrar o gelo, e por essa razão limitou-se a olhá-lo de relance e a sorrir.

– Sabe bem vir aqui acima depois do trabalho para relaxar.

Aquela voz… Marta corou. Era o seu vizinho da frente! Mas como poderia ela reconhece-lo assim de tronco nu e com aquele cabelo todo despenteado?

– Sim, o pôr do sol visto daqui é lindíssimo. – concordou Marta – Nem acredito que esta é apenas a segunda vez que venho cá acima, ao fim de um ano a morar aqui.

– Então já viu o que anda a perder… Eu sou o Paulo, muito prazer.

Ficaram quase uma hora a conversar e no final trocaram de números de telefone. A partir daquele momento a vida de Marta nunca mais foi a mesma.

Todos os dias esperava ansiosamente pelas 6h da tarde, para sair do trabalho e ir apanhar uns banhos de sol na presença de Paulo. Certo dia, já passavam das dez da noite e ambos se encontravam deitados nas espreguiçadeiras a conversar debaixo do céu estrelado. Paulo estendeu a mão de forma a alcançar a mão de Marta e ambos se olharam expectantes. Levantaram-se e antes que Marta tivesse tempo de dizer alguma coisa, Paulo beijou-a intensamente. Marta nunca se havia sentido assim, foi o beijo mais apaixonado que alguma vez recebera. Ela sabia que tinha encontrado o tal.

Se nunca tivesse quebrado a rotina, Marta nunca teria conhecido o pai dos seus filhos. O mais certo seria continuar na sua vida de sempre, na vida que conhecia, e nunca teria dado o passo para uma vida mais feliz.

Todos nós criamos as nossas rotinas, é a forma mais fácil de nos organizarmos para o trabalho e para a vida pessoal. Mas é fora da rotina que acontecem as coisas mais incríveis e emocionantes.

Por isso, não se deixe absorver de tal forma pela rotina a ponto de não se aperceber do que se passa à sua volta. A rotina dá-nos uma certa sensação de segurança, mas ao mesmo tempo podemos ficar aborrecidos por vivenciar sempre as mesmas coisas, nos mesmos locais, com a mesmas pessoas. Esteja sozinho/a ou numa relação, deve sempre encontrar um meio termo para aquilo que entra na rotina.

Se está solteiro/a deve arriscar mais, sair com outras pessoas, visitar locais novos… manter-se sempre à defesa não o/a vai ajudar a encontrar alguém.

Por outro lado, se está numa relação, também não pode deixar que a sua relação caia na rotina. Quando chega algo ou alguém que altere a sua rotina, a tentação de trocar o certo pelo incerto é enorme! Mas não se deixe iludir por tudo aquilo que sai da rotina e é extremamente aliciante. Deve sempre questionar a razão pela qual se sente tentado/a, e se isso não será apenas um sintoma de que a sua relação está demasiadamente estagnada. Para combater este tipo de sedentarismo relacional deve forçar-se a criar momentos diferentes ao longo da sua semana, por mais que esteja cansado/a deve sempre guardar alguma energia para alimentar o amor da sua relação.

Aquilo que hoje é novidade, amanhã deixa de o ser. Por isso pense duas vezes antes de perder o amor da sua vida em prol de uma aventura!

Preste mais atenção aos sinais que a vida lhe dá!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 9 comentários

Rapidamente fazes-me feliz

Não sei o que tu tens, não sei que fiz para me deixares tão contagiante , só sei que não é preciso muito para ser uma verdadeira mulher . Faz-me rir e eu prometo que não te faço chorar, faz-me chorar e tu vais ver que rapidamente eu deixarei de te amar só quero acreditar, que é por este amor que tenho de lutar.
Mas no fundo, digo-te com mil palavras que são as pequenas coisas que fazem-me feliz, são as pequenas coisas que tu fazes por mim o que sempre diz e que fazem mais uma dia brilhante, lindo como um altriz.
Só quero uma coisa de ti, que me faças feliz e que o saibas fazer, porque quem não sabe uma pessoa realmente não merece realmente ter, não sabe nada mais que saber-se perdoar, não sabe ver o significado que é realmente amar, e não sabe ouvir a voz que o coração chama sem hesitar. Nada tem mais a explicar e ver a pessoa que nos faz oscilar.
Serei eu o grande motivo desse teu caminho ou serei a razão de tudo que poderá descambar? Ou serás sempre tu, aquele que me fará abraçar, ir para além do amor que sempre sentimos, ou ir para mais um caminho que não o mais apetecido.

A verdade é uma, esta e mais alguma, é que rapidamente fazes-me feliz seja no momento que for, seja onde for, seja um abraço ou mesmo uma flor. Quando existe uma união, um afeto, um laço, ou mesmo um abraço, sinto que tudo que faço parte de mais, é mais uma vida que eu acabo. Acabo de conhecer esse traço, esse desejo e esse medo, pois basta apenas mexeres um dedo para tudo acabar como no começo.

Se dura para sempre, eu não sei! Só sei que rapidamente é contigo que vejo o permanente, só sei que é contigo que quero fazes-me feliz para sempre e que rapidamente não existe quem aguente, não existe amor nada mais que a gente e nada é fácil se não houver quem lute pela frente.

O mais feliz dos felizes é aquele que faz os outros felizes.

Alexandre Dumas

lariante