Publicado em 7 comentários

Eu cresci Bolas!

Não sou nenhuma menina agora sou mulher.

Acordem,  acordem para a vida seja lá quem for, pois eu já não sou uma menina agora sou uma mulher.
Mulher sim , porque eu cresci, não me tratem como se fosse uma criança de cinco anos  não o sou. Tratem-me  como uma mulher pura e dura que se tornou.
É difícil algumas pessoas acreditarem que eu já não sou quem eu era antes, muito mais difícil É saber que quem muito espanta muito desespera.

Eu sou assim e ninguém me vai conseguir mudar, já não sou aquela que tu um dia quiseste mimar.

Não é a vocês que tenho de suportar, felizmente já não mandão na minha vida,  cresci e amadureci e sei o quanto difícil é para alguém acreditar nisso.

Se não acreditam, também não faço questão nenhuma de vos surpreender, se estão surpreendidas então irão compreender.

Eu tenho a dura certeza  que um dia ou mais tarde vou fazer-vos ver que crescer é essa imagem que terão de mim e já mais iram se esquecer.

Quando  tenho de lutar luto, só se tenho de amadurecer é para comigo mesma,   mesmo assim temos de aprender. Se sabes realmente quem eu sou então não julgues.

A vida mostra-me caminhos, o tempo cada vez mostra quem realmente somos. Eu cresci, aprendi, mudei.

Hoje sou outra mulher aprendi a lutar depois de tanto chorar. Aprendi a amar pessoas, a ver o teu sorriso, mas muito mais a valorizar o meu.

Cresci Menina

Amadureci nas experiências da vida, cresci nas atitudes.  Decepcionei nas expectativas e continuo a ser como sou e diferente como tu podes ver e crer.

Fui muito ingénua ao ponto de acreditar em tudo que me diziam. Completamente uma miúda muito mimada que só via a felicidade ao longo da sua estrada.

Quase não precisava de nada para ser recordada e para ser bem reservada.

“Cresci admirando a lua, sem intenção de aproximar. Um mero espectador, ouvinte do vento, passageiro do tempo, contemplador do mar”.

Sergio Fajardo

Publicado em 7 comentários

A sensação desperta o meu sentimento

Desperta Sentimento

Porque  sentimos o que sentimos e ficamos assim? Sem sentimento

Com um aperto no coração, sem sentimento, como se do nada ele quisesse acontecer e sair pela nossa boca. Desperta sentimento como o texto o diz, faz -me falar, faz-me chorar, e fazer-me uma impressão enorme de algo que quer sair do meu corpo.

Não consigo reprimir essa ligação que há em mim , essa força enorme que vem de dentro e me mata, sem qualquer arrependimento.

Em certos momentos queremos nos livrar deste mesmo sentimento. 

Existe a força, o alento que vai dentro, os neurónios que mexem cá dentro, e mesmo assim não conseguimos imaginar como resolver esta situação.

É sem dúvida uma sensação estranha, é um nó na garganta é um aperto no coração que não nos larga, não nos deixa fazer absolutamente nada, começa a cria dúvidas, factos que muitas vezes não acontecem.

Faz-me pensar que faço tudo errado, que nada dá certo comigo a não ser o que foi  passado, e que realmente eu sou o erro e este só existe em mim.

Isto será um envolvimento, uma razão ou algo da minha imaginação. Vivo esta história de facto, vivo e penso, se tenho o mundo inteiro por dentro  ainda existe uma razão.

Cansei desta vida, estou cansada de tanta mentira, tanta ilusão, mas será este entendimento a sensação que desperta o meu coração?

A verdade é que vivo que nem me aguento, por vezes é um tormento.

Sinto cada vez mais um aperto cá dentro que eu nem sei bem o que explicar!

Algo louco que toma minha própria ilusão.

Cansei de acreditar e só imaginar que um dia algo irá mudar.

Quero seguir cada minuto da minha vida a pensar em mim, quero fazer o meu próprio caminho.

Dizer a todo o mundo que o meu destino nada mais me vai parar.

Diante do caminho, eu sei que encontrarei um equilíbrio até ali um lugar tranquilo e longe de tudo.

A vida não para, mas a certeza é que nunca teremos a verdade se nesta vida não continuaremos a lutar.

A contentar um olhar, a pensar o quanto seria linda aquela história que um dia iremos contar.

Sim  os sentimentos irão despertar um dia o meu olhar.

Palpite esse que só de apurar um dia vai terminar.

 

Publicado em 4 comentários

Não consigo falar de amor

 Amor

Respeita-me só assim terás mais uma vez nos teus braços.

Apete-se escrever tudo  o que sinto  meu amigo se tudo o que digo ė distinto o que estás para aqui a fazer comigo se não intimidar cada vez mais o meu destino? Não consigo falar de amor.
Respeita – me como eu respeito a ti,  não queiras impor frases que não sabes o que estás a dizer nem a condizer.
Não ponhas limites onde não existem ,  porque também não existe limites para o perdão, não venhas  gramar a minha auto motivação .

Porque eu afasto-me daqueles que não merecem o meu perdão, daqueles que estão sempre a olhar para o chão e estão sempre a reclamar de tudo sem fazer qualquer união e responsabilização. Se o teu motivo desistir ou fazer desistir, então porque não desistes tu  se a vida ou a pessoa já não te faz lutar vai para outra que realmente te saiba amar.

Mas eu digo – te mais meu menino assim terás o teu destino e quem sabe eu encontre algo melhor para mim.
Não me diga o que é certo, porque para descobrir eu preciso errar. Não me mostre o que espera de mim, Porque eu penso e seguirei meu coração. Não me faça ser quem eu não posso ser, porque eu sei e tenho minhas limitações.

Não me faça ser igual a ninguém

Porque eu sou diferente e tenho minha identidade. Não me ames pela metade, porque eu sou e tenho corpo e alma. Não me venha com mentiras, porque sei e tenho minhas verdades.
Deixa-me ser livre e sonhar! Porque eu sei voar e tenho meus pés no chão. Deixa-me ser! Porque eu sei que estou  a precisar  do melhor para mim. Me deixa encontrar caminhos! Porque estou a seguir uma estrada.

Sou, estou, serei e estarei assim: Às vezes leve como uma brisa, ás vezes forte como um tufão. Depende de quando, como e onde  me vê e verá passar, não encontro mais destino se não aqui onde que quero estar.
Não sei falar de amor mesmo pois não encontro caminho, se tu próprio não tens futuro quem sou eu mais para te amar.

Publicado em Deixe um comentário

Humildade precisa-se!

Humildade necessita-se

Por vezes achamos que nada é possível, que o que deu já tinha de dar, e o que passou já tinha de passar. Chegamos ao ponto de ser tudo da mesma maneira através do seu olhar. Humildade precisa-se.  Preciso ver o mundo de outro ângulo, ver como tudo acaba enquanto chegamos ao fim, acreditando que existe o além, que nada é porém se não o que se tem e o que lhes desavém.
Aceitar que já deu que é o fim é difícil entender, difícil perceber que nada é como as pessoas desdém, nada existe mais se não o além. É preciso ir é preciso ter forças, fé é preciso colorir este mundo imundo e tudo o que nele contém.
É preciso acreditar, não mais parar de fazer acontecer ir até ver o bonito que é o mundo que se tem. Infeliz é aquele que passa a vida a destruir o além, o que Deus quis e fez para quem e o que ainda detém.

Com olhos voltados para o céu procuro um limite para os meus pensamentos longe de mim vai a esperança de ser quem eu sou hoje um rei. Tira esse motivo que nos convém fazer tudo o que se viu e o que nos convém.

Se existe limite é o céu e só existe céu para quem faz a boa estrada e mais nada.
“o céu é o limite para aqueles que procuram superar sua limitações”
Maior que os nossos sonhos somos nós mesmos onde somente o céu é o limite ! entre dores e amores a verdade prevalecerá e cabe a cada um saber até onde pode chegar.
Mas todos somos mais que vencedores porque somos únicos.

Anderson Moreira

 

https://sentidoemocional.com/sem-explicacao/

578d7c17d82d2deae22dd9cbe52918ca--quotes-for-strength-confidence-quotes-motivation

Publicado em 1 comentário

Momentos a escrever

Escrever

Existem momentos e ouve um tempo que eu não sabia o que escrever, mas doa a quem doer o meu povo, as minhas histórias eu não posso esquecer.
Escrever é momentâneo, grafar dá ânimo e sinto um alívio a cada espanto. Vou ser sincera convosco e vou dizer-vos que não é o meu encanto, mas é quando o stress eu não quero tanto, eu quero a minha vida benéfica e com recanto.
Redigir é diário, escrever é noticiário é descrever a nossa vida e nossos sentidos momentâneos. Não passo a vida a me dirigir, mas passo a vida a imaginar e a tratar o que quero descrever. Estes dias foi para esquecer realmente o que me faz feliz, mas voltei sem nada a perder. Voltei para fazer das palavras, frases que todos adoram conhecer.
Voltei porque quero relembrar a memória, voltei para relembrar os meus amigos e aproxima-los do que eu sempre acreditei e falei no “sentimentos &Emoções.
Ainda não sou nenhuma escritora mas quando escrevo, sinto um alívio, a minha dor desaparece, a coragem volta e acabo com a derrota. Ao escrever sei esclarecer tudo, os meus pensamentos, as minhas ideias, as minhas fantasias.

“Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e a arte de representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida – umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana”.

Fernando Pessoa

 

Sinta-se nas nuvens e escreva algo que te vem á alma, algo que te escanta e algo que dê valor, imaginação e criação

Sinta-se realmente feliz!
252b07b5f1cb4864590f2baa4e317fb4

Publicado em 3 comentários

Sempre como dois adolescentes

Adolescentes

Desde que te vi pela primeira vez achei que era para sempre, adolescentes, mas agora der-repente observo que nada é para sempre. Quando eu te vi pela primeira vez, não pensei imediatamente “vou amar este rapaz para todo o sempre”, mas agora que tudo passa e existe cada vez mais gente será que gosto de ti sempre?

Foi o fato de te ouvir, o fato de seres diferente que meia doente fiz-me ao presente. Não perdi tempo contigo e foi ardente .  Os teus movimentos, os teus lábios pareciam uma dança que eu já tinha aprendido antes e me tinha esquecido consequentemente.

Ao fim de alguns dias ou umas horas, tudo em ti me era familiar e era como se já te conhecesse desde sempre. E a apatia deu lugar ao entusiasmo. Lembro -me de ter olhado para as tuas mãos e ter achado que eras um homem mais quente. Aquele que me levava para lugares que só se via com sol poente.

Queria que esses dias não acabassem nunca . Que o sol decidisse tirar férias e as palavras nunca se esgotassem com o cansaço e o sono. Que nada nem ninguém estragasse o meu tesouro. Mas nada é como digo ou ouro, nada é como aquele dia que podias mudar a minha vida e declarar que  apesar de ter tentado não pensar que te podia amar para toda uma vida merecida, e por mais que eu tenha movido montanhas, silenciado tambores e desviado marés… a verdade é que não consigo evitar apaixonar-me por ti para sempre como sempre fomos dois adolescentes.

Publicado em Deixe um comentário

Por vezes não ė isto que tu sentes

Será que Sentes?

Sonho um dia em acordar ao teu lado e ver no sonho, uma família, uma casa ou o que tu entenderes ao teu cuidado. Sentes mas nada acontece, nada faz e vejo esforços, nada nem ninguém parece querer mais que eu mesma quando faço estremecer. Será que isto vai sempre sempre assim?Será que isto vai ser para doer?

Vejo os anos a passar e nada, nada no amor acrescentar, a rotina ė sempre a mesma a mais pequena que eu mesma e sempre ė a mesma presença, os mesmos lugares o mesmo roteiro e até eu na mesma continência.  Vivemos uma ruína, parece que todos os anos nada muda. Se de fato espero mais, eu não sei. Só sei que quero alguém que não me adormeça que tenha a mesma doença que prevaleça não sempre mas mais vezes. Que importa ? Que faça diferente, que veja a rotina não como favoreceste , mas que faça sempre, tudo derrepente que não pense, mas que aja com o coração que dêem a grande união. Que diga uni-mente ” meu amor é só a ti que eu quero sempre” e que nada seja em vão como metade do meu coração.

Alguém que me leve não só por rotina mas por lugares diferentes, cheios de gente que me oussa e me argumente.
Alguém que crie o paraíso onde ele pode não existir, mas que guarde tudo que um dia  foi preciso e soube extrair.  que guarde tudo que um dia soube criar e soube imaginar. Que faça de mim a pessoa mais feliz do mundo e que me leve até ao mais profundo aproveito que ė a vida.
Eu sou pessoa ruim mesmo em me afastar de quem não me dá auxílio nem lar, mas também  sou assim mesmo de desistir de tudo. Mas o meu coração fica apertado quando isso acontece  e eu sei que vai ficar tudo bem como sempre ficou.

Publicado em 1 comentário

Se faz sentir faz todo o sentido

Sentir

já há muito tempo que não escrevo. Peço desculpa aqueles que nunca me atormentam, mas eu estou que nem me aguento. Sentimentos são o meu alento mas nem sempre o meu argumento. Por vezes sei o que escrever e escrevo, por outras vezes já não sei o que escrever nem muito mais o que virei a dizer e a sentir.

Este texto faz sentido faz, o que sinto então faz se não sinto deixo tudo  mais uma vez para trás.
Gosto de tudo que é palavras, gosto de contar a tudo e todos novas histórias e novas memórias, mas nem sempre sei andar nesta estrada, nem sempre sei nada,  é perder tempo sem nunca dizer uma só palavra.
O que estou eu a dizer, ainda não tenho a mão a doer de tanto escrever, vamos mas é para aquilo que interessa e que todos adoram ler!
Se faz sentir faz todo o sentido pois é o que pressinto por vezes quando sinto aquele desejo de voltar a escrever.
Uma vez li que uma frase que dizia “Se namora com uma mulher, mas não tem intenção de casar com ela, você ama a mulher de outro homem” e é verdade, faz sentido, tudo o que diz não é puro instinto, essa frase fez-me sentir  e fez-me acreditar que o amor verdadeiro existe no meu intuito.
Oh meu Deus se faz sentir que isto tudo é verdade porquê que eu tanto ainda insisto em ter um final feliz? Vivemos constantemente esse episódio é incrível como muitos ainda insistem nessa peça de teatro. A frase é uma parte de todos os namoros, casamentos, mas mais infinitamente para os sentimentos. E é nisto que vem o sentimento que faz todo o sentido, como o medo, o anseio, a angústia, o risco, a covardia, algo que vai acinzentar os nossos sentimentos, algo que vai existir e fazer desistir, num sentimento tão grande que é capaz de se esquecer de tudo o que fazes de raiz, capaz de apagar qualquer coisa boa, capaz de transpor alguma ideia a toa e de levar cada sentimento por uma canoa.
Mas e como se diz “se faz sentir faz todo o sentido” e nós temos de ser maiores que isso mais fortes, e por isso podemos superar esse mesmo sentimento e fazer muito mais que um compromisso e um começo como “amar”, amar está muito para além do medo do anseio, amar faz-nos esquecer tudo que é mau e causa receio, eu creio. Vida boa é uma vida mais cheia de significados, de prazeres e sensações.
É uma vida cheia de momentos que são só nossos e nos conectam com a gente mesmo.
Cheia de momentos de perder o fôlego.
É uma vida compartilhada com pessoas que realmente amamos e que nos amam de volta, na mesma proporção.
Motiva-te, cuida-te refletir coisas que fazem sentir, faz todo o sentido. Ao contrario é teimosia se perde o tempo perdido que já foi vencido.

Publicado em 2 comentários

Limito-me a ser quem sou!

Quem Sou !

Hoje 3 da manhã, estou sem sono. Limito-me a ver o óbvio da pessoa que se tornou e a ver a diferença de a pessoa que me ama ou já me amou. Quem sou eu?

Tudo muda a vida mudou, eu mudei, e infelizmente tenho sempre alguém que não quer aceitar quem sou. Se sou fria é porque me fizeram assim, se sou doce não sou o suficiente para agradar a ninguém. Tudo parece que nada se desdém, nada se contém só ficam as lembranças e o além do que se tem.

Apaixonaste-te pela pessoa que eu sou, como és capaz de agora criticares quem eu era ou como sou, sempre fui a mesma a errar, a dar a valorizar quem realmente me amou, mas dói saber que para ti já não sou quem sou, que para ti sou mais uma pessoa que não sabe o que quer, como quer e onde quer chegar. Já paraste para pensar que não vale a pena criticar? Se queres ficar, fica, mas se não queres ficar, quem sou eu para te empurrar, para os mesmos caminhos que eu vou, quem sou eu para te levar para esse lugar que tu próprio darás a entender que tas farto de lá estar.

Pois é, se calhar é esse o mal estar cansado de tudo e acabar por sempre resmungar, ou mesmo resmungar por algo que sinceramente só faz pensar que tu já não és quem quer ficar.
Amigo tenho de dormir e não consigo, porque tu realmente metes-me em perigo é triste e eu não consigo dizer -te na cara tudo o que sinto. Se és tu que das a entender que não queres mais ficar, tu lá sabes onde queres mesmo chegar, mas eu continuo e podes ter certeza só mas a seguir o meu caminho como sempre o fiz.
Nesta madrugada eu só penso onde fica a estrada para eu ser realmente feliz.
Se eu te amo não vou ser eu que vou estragar a nossa raiz, pensa meu caro se eu sou aquela que sempre te remete a difícil como sempre o diz.
Se amas realmente não me peças perdidamente para te mostrar o meu perdão. Demonstrarei-te um dia quem realmente sou.

Publicado em 7 comentários

Prémio Dardos

Foi com uma enorme alegria que a nossa equipa recebeu esta excelente noticia: “O seu blog foi premiado com o Prémio Dardos”. Agradecemos desde já ao bloguer dialogandosite pela honra de nos eleger para este prémio. Prometemos continuar com o nosso bom trabalho e agradecemos a todos os nossos seguidores pela sua confiança e presença constante.

Prémio Dardos é uma espécie de selo virtual criado em 2008 pelo escritor Alberto Zambade, autor do blog Leyendas de “El Pequeño Dardo” El Sentido de las Palabras. Ele selecionou e indicou o selo a quinze blogs que ele considerou merecedores do prêmio, os quais também indicaram outros 15 e assim sucessivamente, criando uma imensa corrente na internet.

O objetivo do Prémio Dardos é reconhecer os esforços de blogueiros, a cada dia, para transmitir princípios culturais, éticos, literários, pessoais etc., manifestando a criatividade através de seus pensamentos presentes em suas palavras e textos.

Regras do Prémio Dardos
1.
Indicar os blogs que preencham os requisitos acima para receber o prêmio.
2. Exibir a imagem do selo.
3. Mencionar o blog de que recebeu a indicação e pôr o link dele.
4. Notificar os blogs escolhidos.
 

Aqui está a lista dos blogs que consideramos serem merecedores deste prémio. Estes blogs talvez já tenham sido indicados para o prémio por outro blogger, ainda assim nunca é demais premiar o que é bom (a ordem dos blogs é aleatória):

  1. Matheus de Souza
  2. Cara de Cotia
  3. Crime sem castigo
  4. Pontos e abismos
  5. Fases da vida
  6. Psicologiasemtabus
  7. Pro seu dia ficar melhor
  8. Jornalismo de boteco
  9. Dramalhices
  10. A parte e o todo de mim
  11. Pamarepe
  12. Eurico Gomes
  13. Amor incondicional blog
  14. Lucas Palhão
  15. O bohemio

PARABÉNS aos premiados! Desejamos que continuem com o óptimo trabalho.