Publicado em Deixe um comentário

Será que o amor existe mesmo?

Amor

Mais um ano que passou e a tua ausência contínua persistente e impiedosa em mim, estando diariamente presente como se a nossa história tivesse acabado há bem pouco tempo.

As lembranças dos nossos momentos e o teu belo rosto insistem em me aparecer a todo o instante, fazendo com que uma sensação encantadora de paz recaia sobre mim, e que se apazigua com aquela paz que só tu és capaz de trazer.

É impressionante a forma utilizada pela minha alma para se lembrar da tua. O meu pensamento associa a tua imagem a tudo o que existe de mais belo, puro e verdadeiro no coração das pessoas.

Nos gestos de caridade, nos exemplos de gratidão, nas demonstrações de fidelidade entre amigos, na esperança de alguém que luta por algum ideal, no sorriso verdadeiro de uma criança, em cada sonho realizado por alguém.

É claro que a lembrança da tua imagem me aparece fortemente em momentos que nem sempre presencio, mas que tenho a certeza que ocorrem entre duas pessoas apaixonadas e que envolve o nobre sentimento chamado AMOR.

Em cada demonstração de carinho entre pessoas que se amam, em cada beijo trocado, no silêncio de dois olhares, em cada verso escrito com intensidade, nos exemplos de pessoas apaixonadas depois de tantos anos juntos, em cada momento de paz experienciados por nós e em cada momento em que nos sentimos felizes e realizados.

É por isto tudo que é impossível não me lembrar de ti! És a única pessoa capaz de me trazer a sensação das coisas mais bonitas que estão no coração do ser humano.

Todos estes sentimentos que um dia existiram entre nós e que ocorreram de uma forma tão profunda e autêntica, e que infindavelmente farei questão de apreciar, pelo facto que todo o AMOR que houve entre nós foi vivido de forma plena.

Tu és o maior exemplo de que o AMOR existe, e de que ele é um sentimento extremamente poderoso! O maior de todos! Pois é ele que nos salva e é por ele que a vale a pena viver!

Publicado em 7 comentários

Vontade de amar quem me ama

não sei amar

Que vontade de amar!

Aconteceu outra vez!

De uma forma tão inesperada

Agora não consigo dormir

Como é possível que me deixes deste jeito?

 

Os nossos destinos cruzaram-se inesperadamente nessa noite.

Dois meses se tinham passado desde aquela fantástica tarde que mudou a minha vida para sempre! Desde então, pensava em ti todos os dias, tentando entender o que se havia passado.

Terias sentido o mesmo?

Como poderia saber se nunca mais falamos?

Recordei vezes sem conta os momentos que passamos juntos. Tentei perceber se alguma vez me tinhas dado um sinal de que poderias ter algum interesse em mim.

Por incrível que pareça, recordei vários momentos e palavras que trocamos, fiquei ainda mais confusa!

Como não reparei nisto antes?

Algo me diz que gostas de estar comigo! Mas então porque desapareceste?

O que significaria isto afinal?

Durante estes meses convenci-me de que estava errada e tentei esquecer-te.

Mas eis que o destino nos juntou novamente. Nessa noite acenei-te e sorri, tentando ignorar todo e qualquer sentimento que me inquietava, e tu retribuíste timidamente.

Ofereceste-me boleia para casa, e eu quase que recusei. Quase… Uma parte de mim queria muito estar contigo e a outra, talvez a mais sensata, dizia-me que eu não morava assim tão longe por isso podia ir a pé, não havia necessidade de estar tão perto de ti outra vez.

Como é óbvio, dei mais ouvidos ao louco do meu coração e ignorei a minha sensatez.

Tenho de admitir que valeu a pena!

Desbloqueaste aquele silêncio, perguntando-me como tinha corrido o meu dia, e num instante começamos a falar das coisas aleatórias que preenchiam os nossos dias, sem nunca mencionar o que se havia passado.

Como poderia saber se não seria uma fantasia da minha imaginação? Porque não abordavas este assunto?

Assim que chegamos a minha casa, a conversa estava tão animada que optaste por desligar o motor do carro. O meu coração sorriu!

Três horas mais tarde olhaste para o relógio e admirado comentaste: “Já são estas horas? Parece que só estamos aqui há meia hora!”. Senti-me tão bem! E por momentos temi que quisesses ir embora. Mas não foste!

É tão difícil expressar a minha vontade de estar perto de ti e de não te deixar ir embora. Uma vontade enorme de te tocar, de te abraçar, de te sentir perto de mim… mas não sei como poderás reagir.

Em que estarás a pensar?

Não me importo que nada aconteça, mas por favor não te vás embora!

Eram já cinco da manhã quando finalmente decidimos que seria melhor irmos dormir. Teríamos de trabalhar no dia seguinte.

Eu não queria nada que fosses… não queria deixar de sentir… será que se voltaria a repetir?

No momento da despedida, eu tremia de tal forma que não conseguia saber o que dizer, o que fazer

Não consegui… tal era o medo que algo pudesse estragar aquele momento mágico que optei por sair à pressa sem sequer me despedir.

Mas que asneira foi esta? O que queria eu afinal?

Não seria aquele um sinal de que pudéssemos estar em sintonia?

 

Que vazio é este que estás a preencher no meu coração?

 

vontade-de-amar

 

 

Publicado em 5 comentários

A Mudança

Mudança

A mudança, somente, se dá quando damos o primeiro passo.

Toda e qualquer mudança tem de vir da consciencialização de melhorar, crescer, evoluir e ser uma nova pessoa, e isso tem obrigatoriamente de passar pelo nosso interior, pois ninguém poderá fazê-lo, para além de nós.

De nada adianta maquilhar o rosto, ter um novo estilo de roupa, um jeito diferente de andar, uma nova pose para a fotografia, se não efectuamos a mudança mais importante que é aquela que nasce dentro de nós, de forma franca e honesta e de um jeito transformador e consciente.

Muita gente, acredita que uma pincelada no visual, uma coloração diferente nos cabelos e um retoque na maquilhagem consegue transformar seus dias em beleza e atracão, em mudança radical e no nascer de uma pessoa diferente…mas esse é um grande e traiçoeiro engano! Só mudamos de verdade quando nos olharmos por dentro e descobrirmos o que nos torna mais infelizes, o que nos faz sentir no inferior, o que nos afasta do bem, o que nos corrói a alma e o que faz padecer pelos nossos erros.

Partindo dessa constatação, feita com o coração puro e consciente da necessidade de mudar, é que realmente mudamos, crescemos, iluminam-nos, tornamos-nos mais doces, mais humanos. É aí que evoluímos! Ganhamos mais maturidade e com isso aprendemos a usar as nossas experiências da vida a nosso favor, especialmente aquelas que nos deixam marcas mais negativas. As tais que causam maiores estragos  cada vez mais na nossa alma.

Em suma, o medo é assustador. Damos por nós a pensar: “e se der tudo errado de novo”? E é um pensamento legítimo. Se já erramos bastante, ao tentar de novo o receio torna-se maior. No entanto, pior ainda que não tentar uma nova mudança é continuar estagnado.

A mudança pode ser assustadora, mas são estritamente necessárias para que tudo se possa transformar!

Publicado em 2 comentários

O sentido da vida

Sentido para a vida

Eu procuro um sentido para vida e acabo por perceber que a vida não faz sentido é muito melhor sentir do que entender, que é muito melhor viver do que ver a vida a passar.

Então, no meu diálogo comigo mesma acabo por entender que não preciso de sentido para viver, que vivo mesmo sem querer, e que mesmo sem querer, descubro o quanto é bom viver.

Não falo apenas de viver por viver, nem quero estar apenas a respirar. Quero sentir o meu coração bater, e cheirar o perfume das flores.

Quero também que o meu coração bata de emoção e de adrenalina. Não preciso de respostas, nem de explicações, nem de fórmulas e nem de conselhos, apenas preciso de determinação e o resto descubro eu por mim.

Eu não necessito de dinheiro, nem de fama, nem de elogios, porque sei o que sou e isso basta.

Eu não preciso de um dia de sol, eu divirto-me com a chuva. Não quero saber de tudo porque o que me dá forças para isso tudo é a incerteza e, consequentemente a busca por essas respostas.

Não tenciono fazer planos ou traçar metas, porque nunca conseguiria entender o que realmente quero.

Não preciso de modelos, de inspirações e nem pretendo ser igual a ninguém, quero apenas ser eu mesma, viver meus sonhos, cometer meus erros e celebrar as minhas vitórias. Eu não preciso de falsidade nem de hipocrisia, quero somente a verdade pois desprezo a mentira.

Eu não necessito de muito para ser feliz, pois consegui encontrar a felicidade nas coisas mais simples, e consigo ter paz só de ver o teu e o sorriso dos outros.

Não quero mais encontrar um sentido para vida e não quero mais tentar entender o inexplicável. Não preciso mais disso, pois já encontrei mais de mil motivos para viver!

Publicado em 4 comentários

Fosse tão fácil amar

Amar…

Fosse tão fácil amar como tanta gente ama

Fosse tão fácil sentir o amor
Como é tantas vezes fácil falar sobre ele

Fosse tão fácil ler o amor
Em cada olhar, cada sorriso, cada abraço
Como é facilmente descrito em cada romance

Fosse tão fácil entender o amor
Como tanta gente o entende,
O descreve,
O representa,
O vive…

Fosse tão fácil…
E aí não haveriam mais guerras no mundo.

Fosse tão fácil ceder a esse sentimento
Admitir a nossa própria fragilidade
Assistir ao nascimento desse amor
Assim que começa a falar e a dar os seus primeiros passos

Fosse tão fácil não cair em tentação
De abortar o rebento que teima em aparecer sem aviso
Sempre que o vemos brotar do fundo do nosso coração

Fosse tão fácil aceitarmos as nossas diferenças
Não sucumbir à sede de poder
À fome de ganância

Fosse tão fácil viver em comunidade
Desejar a felicidade do outro
Não se aproveitar da desgraça
E destruir tudo à sua passagem

Fosse tão fácil amar…
E qual seria a graça do mundo?

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 4 comentários

O teu lugar é junto a mim

Junto a mim

Como diz o ditado “se o teu lugar é junto a mim eu vou até ao fim”, é mesmo isso que quero mostrar, é mesmo isso que um dia quero dizer e avaliar. Avaliar o que de novo existe em nosso ser e permanecer um dia até o amor aparecer.

Se realmente queres o mesmo que eu, se pensas realmente como eu então o teu lugar é aqui junto a mim.
Diz-me que não são só palavras que queres dizer, diz-me que tudo não passa daquilo que me mais alcança, haja esperança! Haja um dia que tudo se irá mostrar e esse amor por mim se irá verdadeiramente revelar.

Faz o meu grande sonho de uma vez se concretizar, e que juntos numa noite ao luar sejamos um só casal que muitos querem ser e estar.
Mostra-me o lugar mais bonito do mundo, não vejas os sentimentos tão profundos, mas, um amor oriundo, um amor que seja sincero nas frases, que transmita a verdade e que se leia com total sinceridade. Sempre com honra e fé, quero que sejas sempre o meu guarda e o meu tripé, porque se um dia eu cair, tu levantas e sei que terei a ti para enfrentar tempestades e até marés.

Eu simples, quero alguém que me entenda, que me perceba, que jamais me esqueça, que lute para que o amor prevaleça, que não adoeça, que não seja nada mais que uma doença, e que permaneça sempre junto a mim, que permaneça no seu lugar.

Não tenho mais palavras para mostrar, serei eu que terei tudo de fazer para me amar? Ou será que terás de escolher se é comigo que queres realmente ficar? Ninguém manda no coração, muito menos no meu, eu só sei que se Deus te colocou nesta vida adormecida, no meu caminho adormecido, então a mensagem que vem do destino será comigo e esse é tudo que mais quero contigo, quero ver tu a permaneceres no teu lugar, e fazeres este trajecto divino, fazeres-me feliz.
“E já não adianta fazer mais nada; a vida quis assim. Dependo muito de você e quero você perto de mim.”
Katto Marcirio

Publicado em 2 comentários

Algo me diz que te vou amar sempre

Amar Sempre

Escolhi-te um dia que eu nunca acreditei que existisses, escolhi alguém com defeitos, escolhi alguém que não é perfeito, escolhi a ti não por opção, escolhi não sei como, mas também nunca foi em vão.

Encontrei se calhar não sei a outra metade de mim, encontrei, se calhar, o caminho, e descobri porque todos os outros amores não deram certo e chegaram ao fim. Não sei se este amor vai durar, mas o que é certo é que algo me diz que é a ti que vou amar sempre.

Encontrei a ti e esse amor eu não quero parar, não quero largar, quero deslumbrar os últimos pedaços que restam de mim. Não me deixes ficar eu posso ir e nunca mais voltar. Não deixes esse grande amor duvidar o que tu sentes por mim. No plano de Deus o homem e a mulher foram feitos um para o outro, ambos precisam um do outro e esse plano será o meu afim.

Só quero que nunca esqueças e saibas, que todos os planos que faço é só contigo, que mesmo com olhares muitas vezes distantes é a ti que vou amar. Difíceis dias irão surgir, mas serás sempre tu que eu vou recordar. Não quero acabar esta história que muitas vezes me deixa a reclamar, quero ser feliz contigo custe sempre o que custar. Estranho seria se eu nunca te deixasse me amar.

Universo

O universo é quem conspira a nosso favor, e o destino será sempre o nosso perigo, mas não importa quantos obstáculos eu terei mesmo de ultrapassar, não interessa o quanto amo e o que te terei de mostrar, interessa sim é que o amar, o amar é mesmo o sinonimo de durar, e eu não digo nada em vão, se escolhi uma pessoa não faço qualquer questão de ir embora, mas, a questão de continuar, continuar sempre e mais a lutar.

Amor

O amor é algo que ninguém vê, é uma coleção de histórias, dores, memórias, certezas e sentimentos para realmente e verdadeiramente definir esse amor verdadeiro, eterno aberto é sem nada mais que enquanto a tua eternidade durar. Eu quero correr risco contigo, quero continuar sempre a tentar, porque se não houver riscos não vou passar a vida também a lamentar.

Lutar

Porque para lutar, tu terás sempre de lutar comigo, porque para fazer, teremos sempre de fazer juntos, e porque para amar terás mesmo de me amar para sempre.

“Podem existir mil obstáculos, mas nada fará com que meu amor por ti morra. Atravessarei até os maiores mares, mas não existirá água suficiente que afogue o amor que sinto por você.  Subirei até a montanha mais alta do mundo, só para te ver, e de lá gritarei seu nome para ver se me ouve, e se me ouvires, direi uma só frase: Eu te amo.”

Sílvio César Rabêlo Lopes

 

Publicado em 2 comentários

Vou-te dizer aquilo que nunca disse a ninguém"Amo-te"

Qualquer pessoa que viesse no teu lugar, não teria toda e qualquer declaração que eu quero mostrar, qualquer pessoa que tomasse o teu lugar não me faria cada vez mais lutar. Amo-te como nunca amei ninguém, amo com todas as forças do além para voltar a continuar ,e amo, mesmo sabendo que tudo um dia poderá ser apenas e só a mágoa que vou mostrar.

Não sei  realmente me declarar, nunca digo que amo se não  realmente me interessar e nunca falo de sentimentos se eles não querem lá chegar. O que vejo é que tu tens outro tipo de amar que eu não creio que isto me faça acreditar. Mas eu amo-te e nunca disse isto a ninguém, amo tudo que é verdadeiro e sincero, amo e não sei como amo, amo-te simplesmente, sem qualquer problema ou orgulho .  Amo-te assim porque não sei amar de outra maneira.

Eu só sei que amo um dia atrás do outro, e acho que este amor já não tem jeito, por mais que eu ache que por vezes mostres a tua pior frieza, e que me vejas muitas vezes como apenas mais uma faceta.  Mas eu amo, amo e não sei como negar, existe palavras que tento esconder, mas todas elas são descritas num só olhar. Amo porque sempre odiamos as mesmas coisas mas não paramos de lutar, amo mesmo que seja impossível acreditar, e  amo porque faço e acredito sempre naquilo que me faz interditar.

Uma vez ouvi que quando alguém diz ” eu te amo” , está a fazer uma promessa com o coração, e eu não digo que não, eu só quero nada mais que sentir o teu momento e a tua canção, e principalmente sentir alguém que me ame muito mais que eu amo a mim e me fortaleça a sua contenção , sem rodeios, sem medos, com e simplesmente com grande convicção.

“Eu te amo independente do amor . Eu te amo quando considerar errado amar. Eu te amo quando for proibido, quando me deixarem, quando você quiser e principalmente quando não quiser e precisar . Quem sabe você precise do meu amor tanto quanto eu preciso te amar.”

Tati Bernardi

 
 
 
Follow

Publicado em Deixe um comentário

Sentimentos decidem as minhas opiniões

A saudade é um pouco como a fome, mas é ela que nos leva aos sentimentos que eu precinto desde que entrei no coração de um homem. Serão os sentimentos que decidirão ou não a minha opinião? Acredito que por detrás de um grande sentir existe sempre alguém que nos dará toda e só uma razão.

Não sei dizer não àquilo que realmente sinto, não sei ser uma pessoa sem alma e coração, não sei realmente ser uma pessoa sem dar qualquer opinião. Tudo que sinto digo, não minto, tudo que vejo olho com olhos de ver, e tudo o que eu digo são todos os sentimentos que tenho a dizer, sem qualquer preconceito, sem qualquer defeito e sem qualquer intelecto.

A minha opinião sobre o que sinto está descrita toda ela numa simples razão. Quando amamos alguém e esse amor não é correspondido o melhor que temos a fazer é não fazer nada. É inútil sentirmo-nos completamente perdidos e ir atrás de quem já nos quer mais que por um vencido. Os sentimentos são uma surpresa, nunca foram qualquer caridade, vivemos na esperança de ser amados por vezes por alguém que pouco faz a nossa vontade.

Procuramos sempre ser amados, mas esquecemo-nos de ser realmente compreendidos, mas será isso realmente o nosso objetivo? Vale a pena discutir por ciúmes, vale a pena cada um seguir o que gosta e esquecer os planos de que não gosta, será que vale a pena discordar sempre de várias opiniões se a pessoa não gosta da opinião do outro, nem de frequentar o mesmo lugar, para quê perder mais tempo. Se o que se tem não é amor é simplesmente um querer, um desejo, uma infantilidade que poderá ser nada mais que um simples detento.

O amor é exigente eu sei, ele não é perfeccionista, muito menos é para ser compreendido. Não existe explicação, não existe qualquer palavra que descreva o que é o amor e por isso, acho que serão os nossos sentimentos a decidirem quem estará a nosso favor e digo isto porque, não é que tenha a  razão, mas é para aqueles que sentem, que mudam, que vão atrás do que têm, do que faz bem, da sua opinião e daquilo que os contém, como vão atrás daquelas pequenas coisas que realmente o amor tem.

“Ame quem te dá amor, cuide de quem te cuida. Parece simples, mas a maioria esquece isso o tempo todo”.

Sentimentos Inversos