Publicado em 6 comentários

É urgente viver!

A vida dá tantas voltas!
Nem sempre sei de onde venho
Quase nunca sei para onde vou
Mas de uma coisa tenho a certeza
Vivi sempre por inteiro!
Aproveitei cada segundo, cada hora, cada dia
Como se o mundo parasse
E aquele momento ficasse para sempre marcado em mim.
Conheci tanta gente…
Partilhei imensas aventuras
Participei em tantas conversas
E chorei por tantas mesquinhices.
Fui agarrando todas as oportunidades que foram surgindo
Nunca disse que não!
Experiências boas ou menos boas,
Tudo foi importante para construir a pessoa que sou agora.
Fiz algumas amizades pelo caminho
Essas são aquelas que ficam para a vida!
Um, dois, três… dez anos depois,
Encontro cada um desses amigos
O sentimento é sempre o mesmo,
Parece que apenas um dia passou.

No entanto tantas histórias para contar
Uma imensidão de novidades para colocar em dia
Tanto para relembrar
Sorrir, sentir, reviver
A partilha de cada gargalhada,
cada conquista, cada alegria
E também de todas as lágrimas que ficaram por contar.
A vida é mesmo assim.
Um recomeçar continuo,
Uma corrida que parece não ter meta,
Uma montanha cheia de altos e baixos,
Mas a certeza de que vale a pena chegar lá a cima
E ver tudo de uma outra perspetiva
Todos os desejos, anseios, receios
Parecem tão insignificantes!
O que realmente importa?
Hoje estamos vivos!
Amanhã quem sabe…
Aproveita sempre o HOJE
como o PRESENTE que é a VIDA!
tempo-de-viver

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 6 comentários

Um dia no SPA!

Alguma vez foi a um SPA? Ainda não? Então está na hora de experimentar!

A nossa vida pode ser tão atribulada e desgastante, que nos esquecemos de viver. Andamos sempre casa-trabalho e trabalho-casa, que acabamos por não ter tempo para o convívio e para a diversão. É muito importante que saibamos abrandar um pouco o ritmo alucinante da nossa vida, para podermos dar atenção àquilo que é realmente importante.

E foi isso que eu fiz! Comprei um voucher e fui até um SPA.

Durante o tempo de repouso, comecei a meditar sobre a minha vida e as pessoas que por ela passaram. Ri-me sozinha a pensar nas nossas aventuras… e a dada altura apercebi-me que o tempo passa depressa demais… Há quanto tempo não estava com estas pessoas? Foi então que decidi que não ia perder mais tempo e convidei uma amiga a visitar-me. Presentei-a com uma ida a um SPA.

Estas pequenas coisas são importantes na nossa vida. Devemos forçar-nos a estar com os nossos amigos, mesmo quando a vontade de ficar em casa seja do tamanho do mundo. Devemos sair, apanhar ar, trocar experiências ou simplesmente não fazer nada, mas acompanhado.

Hoje em dia há uma grande tendência para estarmos sempre com o telemóvel na mão, a verificar se recebemos uma mensagem, ou a conferir o “feed” de notícias da nossa rede social favorita. A tecnologia é viciante, essa é a verdade! Mas temos de cultivar mais as relações humanas, daquelas que só são possíveis graças àquele olhar, àquele toque, àquela gargalhada… não há “LOL” ou bonequinhos sorridentes que possam substituir presença da pessoa em carne e osso.

Dequeladoqueresestar.png

Lembra-se daquele/a amigo/a com quem conversa muito pelo chat das redes sociais ou com quem fala muitas vezes ao telemóvel? Mas com quem não se encontra fisicamente há muito tempo? Pois, está na hora de mudar isso! Combinem um café, uma ida à praia, um passeio pelo campo, uma massagem num spa, uma ida às compras, ou uma ida ao futebol… sei lá, inventem!

Mesmo que ele/a esteja longe, compre uma viajem, vá visitá-lo/a, saia da rotina e passe um dia, ou mesmo um fim-de-semana diferente, na companhia dessa pessoa.

Lembre-se que se estiver sempre a recusar os convites dos seus amigos, um dia eles deixam de o/a convidar… nessa altura começa a sentir-se só e a achar que eles já não se importam consigo. E em parte isso é verdade, porque os seus amigos não têm de andar sempre atrás de si a suplicarem pela sua companhia… Se toda a gente pensar assim, seremos todos antissociais.

Por isso, telefone já aos seus amigos e planeiem algo diferente, saiam da rotina!

Depois passe por cá e partilhe connosco o vosso dia especial.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em Deixe um comentário

A minha vida num livro

A minha vida é só uma e eu não tenho muita forma de a ler. Somos invadidos pela crença da vida, ler é simplesmente ir e lutar e a leitura é a minha libertação. Viver é a tarefa mais difícil que um dia declarei, esperamos sempre mais dela do que alguma vez imaginei, mas, nem sempre ela nos trás novas mudanças, novas esperanças e novos resultados como sempre planeei.

Estamos aqui na vida só para a ler, e esta é apenas mais uma das passagens que eu quero escrever, passagem essa que custa realmente a acreditar e a desaparecer. O mundo gira em torno de nós, as pessoas nascem, outras morrem e outras sobrevivem à morte, estamos cá porque um dia  queremos ser lembrados, não esquecidos, reconhecidos, para amar a natureza e muito mais para sermos compreendidos.

Mas a vida é muito mais que isso é  saber de verdade vivê-la e compreendê-la, é para quem sabe viver da gratidão e para quem sabe dar muitas vezes a mão, é para aqueles que são fortes, não desistem é unicamente para aqueles que amam e nunca deixam de amar, como é para aqueles que aprendem a crescer sem nunca voltar a errar.

A vida é assim mesmo, um livro, em que cada dia existe uma nova página, em cada ano um novo capítulo, em cada século um novo desafio, a cada hora uma nova vírgula e em cada altura um ponto final. Na vida tudo é imprescindível ,  não acreditar nela é simplesmente esquecer, a vida nasceu para ouvir, para a ler e devemos sempre aproveitar cada minuto, cada segundo e cada momento passado em cada página do nosso livro e,  no fundo, saber usufruir dela até um dia a página novamente virar e o mundo mais uma vez desabar.

Nós simplesmente temos de saber ultrapassar cada obstáculo para de verdade sermos lembrados porque cada um de nós somos seres extraordinários que nascemos para amar e a melhor estrela do céu é a nossa para brilhar. Não existe tempo, nem horas, ler a vida e o que ela nos proporciona é o melhor caminho que se deve seguir. Fomos feitos da terra e de Deus e fortes o suficiente para acreditar que um dia o sol nascerá,  a página virará  e  um novo dia finalmente brilhará.

Hoje é assim que imagino a minha vida, reescrevendo-a e começo aos poucos a vivê-la, começando mais uma vez por a ler, a pensar e a recomeçar um novo capítulo da minha história, sem quaisquer interrogações, virgulas ou pontos finais, dando novamente e mais uma vez um novo rumo a ela.

E assim digo …

“Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro”.

Henry David Thoreau

 


Visualizar perfil de Ana Margarida Costa no LinkedIn Visualizar perfil de Ana Margarida Costa
Follow my blog with Bloglovin