Publicado em 9 comentários

Conhecer quem nao ė o que dizem ser

Existem pessoas que não são o que dizem ser é esta a verdade.

Vivo com pessoas estranhas que não existe qualquer esperança . Estranho isso eu sei que por mais a vida me leve não me trás esperança nenhuma de as conhecer.

Dizem que é bom conhecer pessoas sim, é bom sem dúvida, mas a minha aura diz que também não é a cura. Quem não acredita em ti, quem não trás vida, alegria, quem promete e falha. Essa pessoa eu chamo de falsa, e doa a quem doer eu não faço nenhuma questão de a conhecer.

Cada vez que damos um passo à frente, derrepente  mais pessoas dessas me fazem estremecer ,será que sou eu mesma que custa a crer? Faz um esforço para as conhecer. oh meu amigo tu é que vais sofrer não elas, isto porquê, porque lhes deste tudo, fizeste tudo por tudo e lhes fizeste aprender.

Aprender a te colocar o coração a doer, aprender que o mundo só gira no mundo dela. Essas pessoas não são mais que crianças e eu como disse, não quero não nunca conhecer.

Felizmente conheço , conheço ja quem me identifico e quem é o meu porto de abrigo. Abro mão para o que venha acontecer, sei que essa pessoa segue o mesmo caminho que o meu, se identifica para comigo como sempre se identificou e posso considerar sim um amigo, um amigo com quem posso falar, desabafar , acariciar e apreciar.

Essas pessoas sim são tuas amigas, aquelas que te vais identificar para o resto da tua vida.

Eu costumo dizer se és realmente amigo então não és um traidor, porque amigo não trai, não magoa é simplesmente uma pessoa, ela está aqui, ali e acolá para te ver crescer. Por outro lado inimigo tenta te modificar mas não consegue e desiste, desiste porque é cobarde , desiste porque deu o que tinha a dar.

Mas nós somos assim, quem é verdadeiro é diferente disto tudo e não tem medo de quem enfrenta duas vezes o mar profundo.

Vai até ficar, até abraçar o amigo que ele sempre  fez esperar, foi e está lá até chorar as lágrimas que um dia eu derramei. Simplesmente essa pessoa  amiga , faz parte do nosso destino e é essa que abre o teu caminho.

Costuma-se sim dizer, que amigos de verdade são aqueles que estão no céu, secalhar é bem verdade!  Existem também os que estão cá na terra que suportam cada felicidade, que se aproximam de ti sem qualquer vaidade, como tu fosses a pessoa mais importante do mundo e que te dão a mão quando mais precisas.

Ser claro é a palavra certa de um amigo para com o outro e eu admiro muito essa ideia, não existe pior amigo que um inimigo há tua frente e para ser honesta, amigo não é motivo de ferir os outros, se alguma vez isso te aconteceu desiste dessa amizade como eu um dia o fiz.

 

Publicado em 5 comentários

A Mudança

Mudança

A mudança, somente, se dá quando damos o primeiro passo.

Toda e qualquer mudança tem de vir da consciencialização de melhorar, crescer, evoluir e ser uma nova pessoa, e isso tem obrigatoriamente de passar pelo nosso interior, pois ninguém poderá fazê-lo, para além de nós.

De nada adianta maquilhar o rosto, ter um novo estilo de roupa, um jeito diferente de andar, uma nova pose para a fotografia, se não efectuamos a mudança mais importante que é aquela que nasce dentro de nós, de forma franca e honesta e de um jeito transformador e consciente.

Muita gente, acredita que uma pincelada no visual, uma coloração diferente nos cabelos e um retoque na maquilhagem consegue transformar seus dias em beleza e atracão, em mudança radical e no nascer de uma pessoa diferente…mas esse é um grande e traiçoeiro engano! Só mudamos de verdade quando nos olharmos por dentro e descobrirmos o que nos torna mais infelizes, o que nos faz sentir no inferior, o que nos afasta do bem, o que nos corrói a alma e o que faz padecer pelos nossos erros.

Partindo dessa constatação, feita com o coração puro e consciente da necessidade de mudar, é que realmente mudamos, crescemos, iluminam-nos, tornamos-nos mais doces, mais humanos. É aí que evoluímos! Ganhamos mais maturidade e com isso aprendemos a usar as nossas experiências da vida a nosso favor, especialmente aquelas que nos deixam marcas mais negativas. As tais que causam maiores estragos  cada vez mais na nossa alma.

Em suma, o medo é assustador. Damos por nós a pensar: “e se der tudo errado de novo”? E é um pensamento legítimo. Se já erramos bastante, ao tentar de novo o receio torna-se maior. No entanto, pior ainda que não tentar uma nova mudança é continuar estagnado.

A mudança pode ser assustadora, mas são estritamente necessárias para que tudo se possa transformar!

Publicado em 7 comentários

Eu cresci Bolas!

Não sou nenhuma menina agora sou mulher.

Acordem,  acordem para a vida seja lá quem for, pois eu já não sou uma menina agora sou uma mulher.
Mulher sim , porque eu cresci, não me tratem como se fosse uma criança de cinco anos  não o sou. Tratem-me  como uma mulher pura e dura que se tornou.
É difícil algumas pessoas acreditarem que eu já não sou quem eu era antes, muito mais difícil É saber que quem muito espanta muito desespera.

Eu sou assim e ninguém me vai conseguir mudar, já não sou aquela que tu um dia quiseste mimar.

Não é a vocês que tenho de suportar, felizmente já não mandão na minha vida,  cresci e amadureci e sei o quanto difícil é para alguém acreditar nisso.

Se não acreditam, também não faço questão nenhuma de vos surpreender, se estão surpreendidas então irão compreender.

Eu tenho a dura certeza  que um dia ou mais tarde vou fazer-vos ver que crescer é essa imagem que terão de mim e já mais iram se esquecer.

Quando  tenho de lutar luto, só se tenho de amadurecer é para comigo mesma,   mesmo assim temos de aprender. Se sabes realmente quem eu sou então não julgues.

A vida mostra-me caminhos, o tempo cada vez mostra quem realmente somos. Eu cresci, aprendi, mudei.

Hoje sou outra mulher aprendi a lutar depois de tanto chorar. Aprendi a amar pessoas, a ver o teu sorriso, mas muito mais a valorizar o meu.

Cresci Menina

Amadureci nas experiências da vida, cresci nas atitudes.  Decepcionei nas expectativas e continuo a ser como sou e diferente como tu podes ver e crer.

Fui muito ingénua ao ponto de acreditar em tudo que me diziam. Completamente uma miúda muito mimada que só via a felicidade ao longo da sua estrada.

Quase não precisava de nada para ser recordada e para ser bem reservada.

“Cresci admirando a lua, sem intenção de aproximar. Um mero espectador, ouvinte do vento, passageiro do tempo, contemplador do mar”.

Sergio Fajardo

Publicado em 4 comentários

Não consigo falar de amor

 Amor

Respeita-me só assim terás mais uma vez nos teus braços.

Apete-se escrever tudo  o que sinto  meu amigo se tudo o que digo ė distinto o que estás para aqui a fazer comigo se não intimidar cada vez mais o meu destino? Não consigo falar de amor.
Respeita – me como eu respeito a ti,  não queiras impor frases que não sabes o que estás a dizer nem a condizer.
Não ponhas limites onde não existem ,  porque também não existe limites para o perdão, não venhas  gramar a minha auto motivação .

Porque eu afasto-me daqueles que não merecem o meu perdão, daqueles que estão sempre a olhar para o chão e estão sempre a reclamar de tudo sem fazer qualquer união e responsabilização. Se o teu motivo desistir ou fazer desistir, então porque não desistes tu  se a vida ou a pessoa já não te faz lutar vai para outra que realmente te saiba amar.

Mas eu digo – te mais meu menino assim terás o teu destino e quem sabe eu encontre algo melhor para mim.
Não me diga o que é certo, porque para descobrir eu preciso errar. Não me mostre o que espera de mim, Porque eu penso e seguirei meu coração. Não me faça ser quem eu não posso ser, porque eu sei e tenho minhas limitações.

Não me faça ser igual a ninguém

Porque eu sou diferente e tenho minha identidade. Não me ames pela metade, porque eu sou e tenho corpo e alma. Não me venha com mentiras, porque sei e tenho minhas verdades.
Deixa-me ser livre e sonhar! Porque eu sei voar e tenho meus pés no chão. Deixa-me ser! Porque eu sei que estou  a precisar  do melhor para mim. Me deixa encontrar caminhos! Porque estou a seguir uma estrada.

Sou, estou, serei e estarei assim: Às vezes leve como uma brisa, ás vezes forte como um tufão. Depende de quando, como e onde  me vê e verá passar, não encontro mais destino se não aqui onde que quero estar.
Não sei falar de amor mesmo pois não encontro caminho, se tu próprio não tens futuro quem sou eu mais para te amar.

Publicado em 3 comentários

Esperança de que um dia voltará!

outrora

Aquilo que outrora foi e agora já não é
Fosse sempre aquilo com que sonhei
Aquilo que vivi e senti
Foram apenas desvaneios do meu ser
Pudesse eu alguma vez saber
O que o futuro me iria trazer
Soubesse eu um dia
O que agora deixei de viver
Fosse outrora esse sentimento
Sim, esse, aquele que trazia dentro de mim
Que mói cá dentro,
Que corrói sem deixar vestígios.
Tudo foi, tudo passou, nada ficou
Para onde foi?
Será que um dia voltará?
Eu choro, desespero, desvaneio
Anseio, desejo, ambiciono
Imagino, idealizo, visiono
Algo… talvez isso!
Aquilo que outrora foi e agora já não é
O ser que cá viveu e que talvez pereceu
Para onde foi?
Aonde o encontro?
Tanta falta me faz…
Esperança de que um dia voltará!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.