Publicado em Deixe um comentário

A história de alguėm

Esta é a história de alguém que nunca conheci. Não, pelo menos de verdade! Como pode uma pessoa que mal conhecemos deixar tantas marcas na nossa vida?

Marcas essas que jamais serão esquecidas, ou pelo menos apagadas da memória.

O tempo, esse, dizem que cura tudo mas a realidade é que ele nada apaga e o tempo que passámos á espera que ele passe, pode ser fatal!

A esperança deve por isso, ser substituída pela realidade dos factos. Só que, como é tão doloroso viver nesta acabamos por sonhar demasiado alto quando estamos lá no fundo.

O tempo voa e nem damos por isso. Apenas nos apercebemos que este passou quando vimos as crianças pequeninas a tornarem-se homens e mulheres e, quando olhamos para trás vimos as expressões do rosto marcadas pelas experiencias vivenciadas ou pelo passar dos anos…

Isto foi o que me aconteceu! Tarde, percebi que tinha perdido parte da minha vida por ter dado demasiada importância a coisas que não tinham razão de ser.

Já se passaram muitos anos desde este marco na minha vida. Fiquei sempre na esperança de um passado sem volta e quando me dei conta, o passado tinha passado à história. Quando me ergui do fundo do poço vi que tudo à minha volta tinha mudado e estava tudo bem diferente.

Toda essa gente que eu conheci tinha seguido a sua vida. Cada um com o seu próprio caminho que, por sinal, bem diferentes dos que tinham idealizado.

Alguns deles confirmou-se o destino que lhes havida calhado mas a maioria perdeu-se. Os que se perderam entraram pelos chamados “maus caminhos”, tais como as drogas pesadas.

Tive também a oportunidade de conhecer muitas dessas pessoas. A maioria delas consumia para esquecer os seus problemas familiares.

Outros por más influências ou mesmo por estupidez mas esses eram a minoria.

 Aprendi que as drogas são apenas uma forma de tentar aliviar uma dor que nos é quase impossível de suportar e deixei de ter aqueles preconceitos comuns em relação ao assunto. Até porque sei o que é ter uma dor semelhante…

Publicado em Deixe um comentário

Necessito esquecer

ESQUECER É…

Esquecer é sofrer,

Esquecer é dor,

Esquecer é saudade,

Esquecer é tristeza,

Esquecer é melancolia,

Esquecer é duro,

Esquecer é apagar da memória os melhores momentos passados contigo.

Esquecer é morrer, assim, como recordar é viver.

Esquecer é o fim!

Esquecer corrói a alma.

Esquecer é impossível porque a dor passa mas a cicatriz fica lá.

Dizem que o tempo cura tudo mas é mentira.

Ele não cura nada, a gente é que finge que esqueceu.

O tempo apenas atenua a dor, a saudade e o sofrimento.

A morte em vida é pior que a morte física porque nessa tu sabes que a pessoa morreu e não há mais nada que tu possas fazer.

O afastamento é como uma morte só que aí tu sabes que ela está lá só que virou um estranho para ti, quando outra hora era o teu suporte.

Este deve ser encarado como um luto, porque é de facto uma morte também mas mais dolorosa porque a pessoa está vida e um dia deu-te todo e no outro tirou.

É das piores sensações que um ser humano pode sentir. Ter tudo e ficar de repente sem nada. Difícil é não enlouquecer com esta situação!

Às vezes um sim é pior que um não. Por vezes é melhor cortar de vez os laços afetivos do que te darem esperanças e no fim tirarem-te de novo o chão.

Seguir em frente sem olhar para trás! Pensar que um dia foste feliz como se fosse, no fundo, tudo uma ilusão.

Algumas palavras perdem-se pelo caminho, porque ficam por dizer. Por mais que queiras nunca consegues dizer tudo o que querias.

Há sempre algo que fica na tua mente porque a emoção foi tao grande que não conseguiste transmiti-la!

E se alguém te disser que algum dia te esqueci chora pois nesse dia eu morri. Contigo quero viver o passado e só contigo…

 

 

Publicado em Deixe um comentário

Marca uma imagem de ti

Uma imagem uma marca

Sabes o que é marketing pessoal, não? Eu explico marketing pessoal é um termo muito pouco falado hoje em dia, mas que eu acho bastante importante para a tua vida. Não podemos nunca nos esquecer, a nossa marca é o que queremos passar e transmitir aos outros, a nossa imagem é o que realmente somos para os outros e o que sabemos transmitir.

Peculiar certo? Sim é, nós temos de mostrar ao mundo as nossas emoções, temos de mostrar que temos garra, que temos desafios, objectivos e muito mais a imagem que temos dentro de nós.

Aponta, a nossa nota é muito importante, o que transmitimos é indispensável e o que temos e queremos transmitir é nada mais que aquilo que somos.

Nem toda a gente é igual a ninguém e na nossa vida, nas nossas histórias, nas nossas memórias, existe um ser perfeito mas, quem daqui é completamente perfeito?

Conhece-te, envolve-te marca presença, mostra os teus caminhos e eleva-te para o futuro é o que o livro “Marketing Pessoal” de António Medeiros e outros gestores conta.

Por palavras minhas, este ensina-nos a diferenciarmos, a conhecer-nos, a saber distinguir os nossos valores, missões e as nossas atitudes perante a sociedade.

Mostra realmente um modelo que podemos seguir para aplicar em empresas, mas eu associo o livro a tudo e para tudo, como as nossas vivências, o nosso dia- a dia como os nossos perfis profissionais.

Como no diz cada autor, cada um de nós é único, tem características e atributos próprios. Vive com imagens, com a imaginação de si e na imagem que projecta aos outros e queres mesmo saber, não te importes com isso.

Alguém um dia vai-te dar valor.

Mas que valor de marca temos nós para com os outros? Só nós o podemos dar. A Diferença é a solução, temos de nos diferenciar, criar soluções, desenvolver a nossa própria marca, ter auto- estima, não permanecer na monotonia, no medo e na insegurança de sermos quem somos.

Sinceramente, somos que nem um produto ou uma marca, temos algum plano? não sei, mas podemos um dia o fazer. Cada um de nós é uma marca se somos o produto mais importante? Talvez um dia seremos!

Pense em si, pense na forma como conduz a sua vida, liberte-se dos seus medos, mostre-se capaz, traje os seus projectos futuros  e conduza o melhor que há em sua vida. És tu que tens de traçar caminhos, que tens de dar ao litro e conta do teu destino e principalmente, és tu que tens de mostrar os teus passos a dar e a tua marca fazer a desejar.

O sucesso constrói-se de dentro para fora todos os dias da nossa vida, a confiança ganha-se, o trabalho acontece, o sucesso está em ti.  Cada um de nós basta querermos e as coisas aconteceram, com tempo, mas no fim somos genuínos e coerentes naquilo que fazemos.

Concluindo, não procures esconder as coisas um dia tudo se vai descobrir, o homem vale tanto como o valor que a sua marca pode dar de si próprio.

A grandeza da minha vida é distinguida pela minha capacidade de sonhar.

 

Ps: Gostaria de saber a vossa opinião, achas-te um produto de sucesso, uma marca de valor?