Publicado em Deixe um comentário

Podia eu saber que isto ia acontecer

Podia eu saber,

Que isto ia acontecer.

Foi um sorriso teu,

O que foi que me deu?

Sonhava voltar a sorrir

E voltar a sentir.

Mas como poderia saber

O que iria viver?

fffff

Tanto tempo esperei,

Chegou e desatinei!

Algo tão grande em mim,

Como fiquei assim?

fffff

De um sono imenso acordei

Quão profundo nem sei!

Tu despertaste em mim

Um amor sem fim!

Como poderia saber que ia ser assim?

Bastava que dissesses sim!

A ânsia de te ter

Deitou tudo a perder!

Descontrolada em mim

Seria este o fim?

fffff

Queria saber como te cativar

Pôr-me no teu lugar

Amava poder ser para ti

O que tu és para mim!

fffff

Resta-me agradecer

Mas não esquecer.

Só por lembrar de ti

Meu coração sorri!

fffff

Foi aí que eu percebi

Tão bom o que vivi

Teu amor estimulou assim

A melhor versão de mim!

 
 

Podia eu saber

Algo tão grande em mim

Como fiquei assim?

Amava poder ser para ti

O que tu és para mim!

Como poderia saber que ia ser assim?

Bastava que dissesses sim!

Publicado em Deixe um comentário

Será que o amor existe mesmo?

Amor

Mais um ano que passou e a tua ausência contínua persistente e impiedosa em mim, estando diariamente presente como se a nossa história tivesse acabado há bem pouco tempo.

As lembranças dos nossos momentos e o teu belo rosto insistem em me aparecer a todo o instante, fazendo com que uma sensação encantadora de paz recaia sobre mim, e que se apazigua com aquela paz que só tu és capaz de trazer.

É impressionante a forma utilizada pela minha alma para se lembrar da tua. O meu pensamento associa a tua imagem a tudo o que existe de mais belo, puro e verdadeiro no coração das pessoas.

Nos gestos de caridade, nos exemplos de gratidão, nas demonstrações de fidelidade entre amigos, na esperança de alguém que luta por algum ideal, no sorriso verdadeiro de uma criança, em cada sonho realizado por alguém.

É claro que a lembrança da tua imagem me aparece fortemente em momentos que nem sempre presencio, mas que tenho a certeza que ocorrem entre duas pessoas apaixonadas e que envolve o nobre sentimento chamado AMOR.

Em cada demonstração de carinho entre pessoas que se amam, em cada beijo trocado, no silêncio de dois olhares, em cada verso escrito com intensidade, nos exemplos de pessoas apaixonadas depois de tantos anos juntos, em cada momento de paz experienciados por nós e em cada momento em que nos sentimos felizes e realizados.

É por isto tudo que é impossível não me lembrar de ti! És a única pessoa capaz de me trazer a sensação das coisas mais bonitas que estão no coração do ser humano.

Todos estes sentimentos que um dia existiram entre nós e que ocorreram de uma forma tão profunda e autêntica, e que infindavelmente farei questão de apreciar, pelo facto que todo o AMOR que houve entre nós foi vivido de forma plena.

Tu és o maior exemplo de que o AMOR existe, e de que ele é um sentimento extremamente poderoso! O maior de todos! Pois é ele que nos salva e é por ele que a vale a pena viver!

Publicado em 6 comentários

Será possível entender o amor? Que sei eu afinal?

Que sei eu da vida afinal?

Todos os dias uma nova aventura,

Todos os dias aprendo algo novo,

Todos os dias descubro que afinal estava errada!

Será esta a beleza da vida?

Chegaste de mansinho

Entraste na minha vida pé ante pé

Foste apenas um amigo

Aquele tão desejado amigo

Nessa mesma altura, em que o mundo parecia desabar aos meus pés…

De verdade que não me dei conta do que estava a acontecer.

Até aquele dia!

Sim, aquele tão enigmático dia, que teria sido apenas mais uma tarde que passamos juntos…

Mas não, não foi mais um dia! Ali o meu coração estremeceu, o meu corpo e a minha mente já não me obedeciam. Nesse dia, o mundo parou por breves instantes e estávamos ali os dois sozinhos. Tu sorrias e eu retribuía, enquanto dizia coisas sem sentido por não saber como reagir.  Eu não queria ir embora, não queria deixar de sentir, mas não conseguia ficar. As palavras já não mais faziam sentido e só consegui fugir.

Será possível?

Não consegui precisar se sentiste o mesmo, mas algo me dizia que sim.

Vim embora de coração acelerado e sorriso nos lábios.

Mas que raio se tinha passado? Pode a música unir dois corações deste jeito?

Mandaste mensagem… que queria isso dizer? Fiquei eufórica e deixei escapar um desabafo de que tinha adorado o dia e que me sentia bastante feliz.

E tu? Nada!… De um momento para o outro desligaste a ficha e deixei de saber de ti.

O que foi isto afinal? Fui eu que interpretei mal?

Mesmo sem saberes, conseguiste que eu me apaixonasse por ti, ou terá sido de propósito?

É horrível não saber… mais difícil ter a coragem de perguntar… mais vale esquecer…

Mas que medo é este de querermos ser felizes?

Valerá a pena insistir?

Algo me diz que sou apenas mais uma, tentando convencer-me do contrário.

E assim vou vivendo o meu drama, sem saber se devo ou quero esquecer.

Este sentimento despertou em mim uma nova vontade de viver, de querer ser melhor, de sorrir para a vida! Esta é uma felicidade que há muito não sentia…

Ver-te… deixa-me desconcertada… é mais fácil fingir que não estás…

Lamento não saber o que pensas ou sentes, mas bem no fundo do meu ser, eu acho que sei. Sou só mais uma, tentando convencer-me do contrário.

Porquê?

Talvez não queira que este sentimento se desvaneça tão rapidamente como apareceu. É tão bom estar apaixonada! Mesmo que seja passageiro, mesmo que não seja correspondido.

O que seríamos nós sem o amor?

 

Afinal há paixão

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em Deixe um comentário

Marca uma imagem de ti

Uma imagem uma marca

Sabes o que é marketing pessoal, não? Eu explico marketing pessoal é um termo muito pouco falado hoje em dia, mas que eu acho bastante importante para a tua vida. Não podemos nunca nos esquecer, a nossa marca é o que queremos passar e transmitir aos outros, a nossa imagem é o que realmente somos para os outros e o que sabemos transmitir.

Peculiar certo? Sim é, nós temos de mostrar ao mundo as nossas emoções, temos de mostrar que temos garra, que temos desafios, objectivos e muito mais a imagem que temos dentro de nós.

Aponta, a nossa nota é muito importante, o que transmitimos é indispensável e o que temos e queremos transmitir é nada mais que aquilo que somos.

Nem toda a gente é igual a ninguém e na nossa vida, nas nossas histórias, nas nossas memórias, existe um ser perfeito mas, quem daqui é completamente perfeito?

Conhece-te, envolve-te marca presença, mostra os teus caminhos e eleva-te para o futuro é o que o livro “Marketing Pessoal” de António Medeiros e outros gestores conta.

Por palavras minhas, este ensina-nos a diferenciarmos, a conhecer-nos, a saber distinguir os nossos valores, missões e as nossas atitudes perante a sociedade.

Mostra realmente um modelo que podemos seguir para aplicar em empresas, mas eu associo o livro a tudo e para tudo, como as nossas vivências, o nosso dia- a dia como os nossos perfis profissionais.

Como no diz cada autor, cada um de nós é único, tem características e atributos próprios. Vive com imagens, com a imaginação de si e na imagem que projecta aos outros e queres mesmo saber, não te importes com isso.

Alguém um dia vai-te dar valor.

Mas que valor de marca temos nós para com os outros? Só nós o podemos dar. A Diferença é a solução, temos de nos diferenciar, criar soluções, desenvolver a nossa própria marca, ter auto- estima, não permanecer na monotonia, no medo e na insegurança de sermos quem somos.

Sinceramente, somos que nem um produto ou uma marca, temos algum plano? não sei, mas podemos um dia o fazer. Cada um de nós é uma marca se somos o produto mais importante? Talvez um dia seremos!

Pense em si, pense na forma como conduz a sua vida, liberte-se dos seus medos, mostre-se capaz, traje os seus projectos futuros  e conduza o melhor que há em sua vida. És tu que tens de traçar caminhos, que tens de dar ao litro e conta do teu destino e principalmente, és tu que tens de mostrar os teus passos a dar e a tua marca fazer a desejar.

O sucesso constrói-se de dentro para fora todos os dias da nossa vida, a confiança ganha-se, o trabalho acontece, o sucesso está em ti.  Cada um de nós basta querermos e as coisas aconteceram, com tempo, mas no fim somos genuínos e coerentes naquilo que fazemos.

Concluindo, não procures esconder as coisas um dia tudo se vai descobrir, o homem vale tanto como o valor que a sua marca pode dar de si próprio.

A grandeza da minha vida é distinguida pela minha capacidade de sonhar.

 

Ps: Gostaria de saber a vossa opinião, achas-te um produto de sucesso, uma marca de valor?

Publicado em 7 comentários

Eu cresci Bolas!

Não sou nenhuma menina agora sou mulher.

Acordem,  acordem para a vida seja lá quem for, pois eu já não sou uma menina agora sou uma mulher.
Mulher sim , porque eu cresci, não me tratem como se fosse uma criança de cinco anos  não o sou. Tratem-me  como uma mulher pura e dura que se tornou.
É difícil algumas pessoas acreditarem que eu já não sou quem eu era antes, muito mais difícil É saber que quem muito espanta muito desespera.

Eu sou assim e ninguém me vai conseguir mudar, já não sou aquela que tu um dia quiseste mimar.

Não é a vocês que tenho de suportar, felizmente já não mandão na minha vida,  cresci e amadureci e sei o quanto difícil é para alguém acreditar nisso.

Se não acreditam, também não faço questão nenhuma de vos surpreender, se estão surpreendidas então irão compreender.

Eu tenho a dura certeza  que um dia ou mais tarde vou fazer-vos ver que crescer é essa imagem que terão de mim e já mais iram se esquecer.

Quando  tenho de lutar luto, só se tenho de amadurecer é para comigo mesma,   mesmo assim temos de aprender. Se sabes realmente quem eu sou então não julgues.

A vida mostra-me caminhos, o tempo cada vez mostra quem realmente somos. Eu cresci, aprendi, mudei.

Hoje sou outra mulher aprendi a lutar depois de tanto chorar. Aprendi a amar pessoas, a ver o teu sorriso, mas muito mais a valorizar o meu.

Cresci Menina

Amadureci nas experiências da vida, cresci nas atitudes.  Decepcionei nas expectativas e continuo a ser como sou e diferente como tu podes ver e crer.

Fui muito ingénua ao ponto de acreditar em tudo que me diziam. Completamente uma miúda muito mimada que só via a felicidade ao longo da sua estrada.

Quase não precisava de nada para ser recordada e para ser bem reservada.

“Cresci admirando a lua, sem intenção de aproximar. Um mero espectador, ouvinte do vento, passageiro do tempo, contemplador do mar”.

Sergio Fajardo

Publicado em 7 comentários

A sensação desperta o meu sentimento

Desperta Sentimento

Porque  sentimos o que sentimos e ficamos assim? Sem sentimento

Com um aperto no coração, sem sentimento, como se do nada ele quisesse acontecer e sair pela nossa boca. Desperta sentimento como o texto o diz, faz -me falar, faz-me chorar, e fazer-me uma impressão enorme de algo que quer sair do meu corpo.

Não consigo reprimir essa ligação que há em mim , essa força enorme que vem de dentro e me mata, sem qualquer arrependimento.

Em certos momentos queremos nos livrar deste mesmo sentimento. 

Existe a força, o alento que vai dentro, os neurónios que mexem cá dentro, e mesmo assim não conseguimos imaginar como resolver esta situação.

É sem dúvida uma sensação estranha, é um nó na garganta é um aperto no coração que não nos larga, não nos deixa fazer absolutamente nada, começa a cria dúvidas, factos que muitas vezes não acontecem.

Faz-me pensar que faço tudo errado, que nada dá certo comigo a não ser o que foi  passado, e que realmente eu sou o erro e este só existe em mim.

Isto será um envolvimento, uma razão ou algo da minha imaginação. Vivo esta história de facto, vivo e penso, se tenho o mundo inteiro por dentro  ainda existe uma razão.

Cansei desta vida, estou cansada de tanta mentira, tanta ilusão, mas será este entendimento a sensação que desperta o meu coração?

A verdade é que vivo que nem me aguento, por vezes é um tormento.

Sinto cada vez mais um aperto cá dentro que eu nem sei bem o que explicar!

Algo louco que toma minha própria ilusão.

Cansei de acreditar e só imaginar que um dia algo irá mudar.

Quero seguir cada minuto da minha vida a pensar em mim, quero fazer o meu próprio caminho.

Dizer a todo o mundo que o meu destino nada mais me vai parar.

Diante do caminho, eu sei que encontrarei um equilíbrio até ali um lugar tranquilo e longe de tudo.

A vida não para, mas a certeza é que nunca teremos a verdade se nesta vida não continuaremos a lutar.

A contentar um olhar, a pensar o quanto seria linda aquela história que um dia iremos contar.

Sim  os sentimentos irão despertar um dia o meu olhar.

Palpite esse que só de apurar um dia vai terminar.

 

Publicado em 6 comentários

É urgente viver!

A vida dá tantas voltas!
Nem sempre sei de onde venho
Quase nunca sei para onde vou
Mas de uma coisa tenho a certeza
Vivi sempre por inteiro!
Aproveitei cada segundo, cada hora, cada dia
Como se o mundo parasse
E aquele momento ficasse para sempre marcado em mim.
Conheci tanta gente…
Partilhei imensas aventuras
Participei em tantas conversas
E chorei por tantas mesquinhices.
Fui agarrando todas as oportunidades que foram surgindo
Nunca disse que não!
Experiências boas ou menos boas,
Tudo foi importante para construir a pessoa que sou agora.
Fiz algumas amizades pelo caminho
Essas são aquelas que ficam para a vida!
Um, dois, três… dez anos depois,
Encontro cada um desses amigos
O sentimento é sempre o mesmo,
Parece que apenas um dia passou.

No entanto tantas histórias para contar
Uma imensidão de novidades para colocar em dia
Tanto para relembrar
Sorrir, sentir, reviver
A partilha de cada gargalhada,
cada conquista, cada alegria
E também de todas as lágrimas que ficaram por contar.
A vida é mesmo assim.
Um recomeçar continuo,
Uma corrida que parece não ter meta,
Uma montanha cheia de altos e baixos,
Mas a certeza de que vale a pena chegar lá a cima
E ver tudo de uma outra perspetiva
Todos os desejos, anseios, receios
Parecem tão insignificantes!
O que realmente importa?
Hoje estamos vivos!
Amanhã quem sabe…
Aproveita sempre o HOJE
como o PRESENTE que é a VIDA!
tempo-de-viver

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 2 comentários

Deixem-me ser feliz

Serei eu capaz de criar?
Ou limito-me a copiar?
Ideias, sentimentos, rostos, paisagens
Serei eu um criador?
Ou apenas alguém que se limita a seguir os outros?
Estou louco…
Sinto-me enjaulado.
Não posso ser quem sou
Não consigo agir como sinto
Estou preso àquilo que esperam de mim
Cortam-me as asas; impedem-me de voar;
Querem-me agarrado ao chão
Com planos, resoluções, evoluções
À minha imagem? À imagem de quem nos criou?
À imagem de quem quer liderar, de quem quer que o siga?
À imagem daquele que achamos ser o nosso ídolo?
Deixem-me sentir, deixem-me viver,
deixem-me perder e ganhar,
Deixem-me falhar!
Não me apontem o dedo, não me digam o que devo fazer
O meu destino depende de mim
Passo a passo o meu caminho estou a construir.
Só eu sei aquilo que me faz feliz.
E eu quero voar!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 5 comentários

Insurgência em mim

Tão urgente que não consigo acompanhar
Tão desordenado incapaz de me orientar
Tão descontrolado que abafo o meu querer
Tão vagarosamente que me sinto a perder

Há sempre outras coisas para fazer,
outras pessoas para ver,
e outros lugares para conhecer,
Há sempre outra vida para viver.

É imensa a vontade de partir
O desespero deixar de sentir
A angustia não saber se ficar
Inquietação do que há para amar

O tempo urge e nada a acontecer
Esta ânsia de algo que quer reviver
No fim só o desejo renascer.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Publicado em 1 comentário

Ama-te acima de tudo

Ama-te

As borboletas assumem o seu caminho, as borboletas geram o destino e fazem sempre o seu próprio ninho. Não precisam de ninguém para se pudererem libertar, elas são simplesmente o meu mar e o bem-estar.
Amar é o destino, é onde preciso cada vez mais permanecer e crer, amar é como um rio que todos os dias a percorrer estradas do infinito. Ama-te acima de tudo e segue o teu caminho, baixinho porque ninguém precisa de saber para onde vais, para onde queres ir e ficar.
Quando depositamos a nossa vida, a confiança ou as expectativas em alguém, o risco de deceção é grande. Por isso, se for como eu digo, anda nem que o seja sozinho, abre o caminho para todos passar, mas acredita nem todos vão querer estar por um fio, nem todos vão acreditar nem por um fio. As pessoas não estão aqui para satisfazer as nossas expetativas muito menos para lutar pelas nossas historinhas, assim como eu não estou aqui para satisfazer nenhuma delas.

borboleta luz

Temos de nos adiantar, temos de nos adiantar sempre para quando precisamos de alguém. Eu nasci para a liberdade e nada me desdém, se nasci para ser o par de alguém, se calhar não sei. As borboletas também têm seu par e nem por isso se deixam de amar.
Enfim, temos de nos consciencializar que estamos juntos porque gostamos, porque nos sentimos bem, nunca é por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam, não por serem metades, mas por serem completas, inteiras, dispostas a partilhar os  objetivos e as alegrias da nossa vida.
Com o tempo, vais aprender a amar, com o tempo vais pensar que para seres feliz não precisas de ninguém em vão e com o tempo vais perceber que as borboletas também nascerão sem qualquer razão.
“Quem nasceu para casulo nunca vai ser borboleta!” Ama-te
Antonio Neto

 

 

Publicado em 6 comentários

Melhor vida é quando assumes o comando dela

A verdade melhor vida quando a assumes esta vida só é possível quando é discreta. Sempre me disseram que para ser completa ninguém precisa de saber o que me afeta. Seja lá o que o motivo que for, seja lá o que for ninguém deve levar o louvor de saber mais de ti do que tu. Se a palavra é prata o silêncio é ouro, sempre ouvi dizer isso por entre todos e é bem verdade .

A vida és tu que fazes, os segredos és tu que refazes, a vida é só tua e tu é que assumes o teu comando. Não olhes para aqueles que só encantam porque a vida é tudo menos um manto, onde fazes tudo com grande espanto e portanto, a vida é aquela que tu mesmo constróis e só tu podes permitir quem faz parte dela, mas a vida és tu que comandas nela.

Se te afeta, então não permaneças nela, muda, muda quem és se tiver de ser, muda até doer  porque nada faz mais permanecer que ter uma vida a doer. Dizer não não está realmente no meu coração mas o perdão para mim é como uma pequena oração. A vida que eu pouco faço não é concerteza em vão, eu também quero alguém que noite e dia me dê a sua mão, que exista para ser o meu abrigo, que exista nesta vida de perigo e que me traga mais do que merecido a vida que eu sempre procurei pelo caminho.
Por vezes não existe guia, por vezes estou completamente na minha vida, mas aí vem alguém e age  como se evencida, a menina que faz tudo pela vida, que nada ou ninguém pode parar se é por ela que eu pretendo lutar. Se é alguém que comanda a  vida esta sou eu!

“Ninguém se preocupa em ter uma vida virtuosa, mas apenas com quanto tempo poderá viver. Todos podem viver bem, ninguém tem o poder de viver muito.” Melhor vida é sem duvida quando assumes o poder dela.,Vida para quem se atreve a viver

Sêneca

Publicado em 3 comentários

Como ser feliz? Será assim tão fácil?

Eram 8h da noite e Marta tinha acabado de jantar.

Enquanto arrumava a cozinha começou a refletir sobre o seu dia de trabalho e como tinha de passar todos os seus dias fechada dentro de quatro paredes, com dias fantásticos como aquele.

Abriu o frigorífico, pegou numa sidra e dirigiu-se ao elevador do seu prédio. Subiu ate ao ultimo andar, entrou na zona do terraço e sentou-se numa espreguiçadeira junto a piscina. Boa, ainda vim a tempo de ver o pôr do sol. Como é bom o Verão! – pensou Marta.

Subitamente eis que surge uma figura alta e morena por detrás do muro onde se encontrava o balneário. Os dois trocaram um intenso olhar. Marta não conhecia aquele homem e questionou-se como era possível que nunca o tivesse visto por ali. O desconhecido sorriu e aproximou-se de Marta, sentando-se na espreguiçadeira ao seu lado.

Marta não sabia se havia de dizer algo para quebrar o gelo, e por essa razão limitou-se a olhá-lo de relance e a sorrir.

– Sabe bem vir aqui acima depois do trabalho para relaxar.

Aquela voz… Marta corou. Era o seu vizinho da frente! Mas como poderia ela reconhece-lo assim de tronco nu e com aquele cabelo todo despenteado?

– Sim, o pôr do sol visto daqui é lindíssimo. – concordou Marta – Nem acredito que esta é apenas a segunda vez que venho cá acima, ao fim de um ano a morar aqui.

– Então já viu o que anda a perder… Eu sou o Paulo, muito prazer.

Ficaram quase uma hora a conversar e no final trocaram de números de telefone. A partir daquele momento a vida de Marta nunca mais foi a mesma.

Todos os dias esperava ansiosamente pelas 6h da tarde, para sair do trabalho e ir apanhar uns banhos de sol na presença de Paulo. Certo dia, já passavam das dez da noite e ambos se encontravam deitados nas espreguiçadeiras a conversar debaixo do céu estrelado. Paulo estendeu a mão de forma a alcançar a mão de Marta e ambos se olharam expectantes. Levantaram-se e antes que Marta tivesse tempo de dizer alguma coisa, Paulo beijou-a intensamente. Marta nunca se havia sentido assim, foi o beijo mais apaixonado que alguma vez recebera. Ela sabia que tinha encontrado o tal.

Se nunca tivesse quebrado a rotina, Marta nunca teria conhecido o pai dos seus filhos. O mais certo seria continuar na sua vida de sempre, na vida que conhecia, e nunca teria dado o passo para uma vida mais feliz.

Todos nós criamos as nossas rotinas, é a forma mais fácil de nos organizarmos para o trabalho e para a vida pessoal. Mas é fora da rotina que acontecem as coisas mais incríveis e emocionantes.

Por isso, não se deixe absorver de tal forma pela rotina a ponto de não se aperceber do que se passa à sua volta. A rotina dá-nos uma certa sensação de segurança, mas ao mesmo tempo podemos ficar aborrecidos por vivenciar sempre as mesmas coisas, nos mesmos locais, com a mesmas pessoas. Esteja sozinho/a ou numa relação, deve sempre encontrar um meio termo para aquilo que entra na rotina.

Se está solteiro/a deve arriscar mais, sair com outras pessoas, visitar locais novos… manter-se sempre à defesa não o/a vai ajudar a encontrar alguém.

Por outro lado, se está numa relação, também não pode deixar que a sua relação caia na rotina. Quando chega algo ou alguém que altere a sua rotina, a tentação de trocar o certo pelo incerto é enorme! Mas não se deixe iludir por tudo aquilo que sai da rotina e é extremamente aliciante. Deve sempre questionar a razão pela qual se sente tentado/a, e se isso não será apenas um sintoma de que a sua relação está demasiadamente estagnada. Para combater este tipo de sedentarismo relacional deve forçar-se a criar momentos diferentes ao longo da sua semana, por mais que esteja cansado/a deve sempre guardar alguma energia para alimentar o amor da sua relação.

Aquilo que hoje é novidade, amanhã deixa de o ser. Por isso pense duas vezes antes de perder o amor da sua vida em prol de uma aventura!

Preste mais atenção aos sinais que a vida lhe dá!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.